Superman: Através dos Tempos

Liga da Justiça e Liga da Justiça Sem Limites (2001 a 2006)

O excelente desenho  serviu pra atualizar o icônico Super Amigos, que marcou as gerações de crianças dos anos 70 aos 80.

Depois de realizar com sucesso as séries do Batman, Superman e Batman do Futuro chegou a vez da Liga da Justiça, a equipe mais famosa dos gibis ser renovada pro DC Animated Universe.

Nesta formação temos: Superman (Kal- El), Batman (Bruce Wayne), Lanterna Verde (John Stewart), Caçador de Marte (J’onn J’onzz), Mulher-Maravilha (Diana Prince), Mulher-Gavião (Shayera Hol) e Flash (Wally West).

O Superman é o líder da equipe, mas Batman age como segundo em comando liderando as ações de campo. O Caçador de Marte geralmente fica na Torre de Vigilância administrando as ações do grupo  e dividindo quem irá pra qual missão.

Esta adaptação deixou os roteiros infantilizados que havia na versão dos Super Amigos e priorizou nos relacionamentos que havia entre os integrantes principais da equipe.

A parte interessante é que cada um deles teve uma personalidade bastante definida. O Caçador de Marte serviu como canalizador pra que a Liga fosse forjada convocando mentalmente cada um deles pra se unirem e derrotar uma grande ameaça pra toda humanidade.

Tanto o Superman quanto o Batman estavam acostumados a agirem sozinhos e também atuarem em conjunto quando fosse necessário, pois eles já se conheciam devido a série do Azulão, de 1996. A Mulher-Maravilha estava recém saída de Themyscira (ou Ilha Paraíso) e rompeu com sua mãe para vir ao mundo do patriarcado.

A Mulher-Gavião é uma exímia guerreira feroz e espiã que estava infiltrada na Terra para saber tudo sobre os seres humanos (algo que só foi descoberto no final da primeira temporada). Ela formou um casal com John Stewart, o Lanterna Verde que foi escolhido pra atuar no lugar de Hal.

E o Flash foi mostrado como um mulherengo, muito paquerador que tinha sorte com as mulheres e também servia como alívio cômico no desenho. Essa foi a parte que ficou melhor no desenho, porque há relacionamentos amorosos acontecendo entre os heróis.

O Flash ganha um beijo da Giganta, Batman e Diana vivem uma relação de curta duração, John e Shayera também, mas depois terminam e John fica com a Mari (numa situação confusa e meio conflituosa por seu coração estar dividido).

A Canário Negro e o Arqueiro Verde mantem uma relação cheia de altos e baixos, até o Questão dá sorte de ficar com a bela Caçadora e por mais incrível que possa parecer até o Caçador de Marte encontra uma cara metade.

É claro que Liga da Justiça é recheado de cenas antológicas como a Supergirl e a Poderosa lutando, a Mulher-Maravilha descendo a porrada no Mongul ou o Flash retirando a armadura de Lex/Brainiac em supervelocidade ao redor do mundo.

Na parte de Sem Limites após a Liga vencer a invasão thanagariana a equipe decidiu recrutar novos aliados.

Eles vieram de diferentes períodos das edições nos gibis, pois temos: Canário Negro e de Aquaman (fundadores da equipe após Crise nas Infinitas Terras).

Alguns dos personagens que integraram a Liga da Justiça Internacional como o Gladiador Dourado, a heroína brasileira Fogo e o Soviete Supremo, sem mencionar os membros das diferentes formações da Sociedade da Justiça da América, desde o veterano Pantera até o contemporâneo Senhor Incrível e a adolescente Sideral.

E o governo americano vendo tanta ostentação de poder na Torre de Vigilância e com medo do que havia acontecido com os Lordes do Caos financiou secretamente Amanda Waller a criar uma forma que a humanidade se defendesse caso a Liga viesse a agir da mesma maneira.

Então ao mesmo tempo que a Liga precisava salvar o mundo e o universo das mais diversas ameaças ainda tinham que provar para o público que eles estavam lá pra nos proteger.

Aliás esta teoria da conspiração demonstrada no desenho é algo que até se encontra no mundo real, mas é preciso se ater aos fatos para que não vire algo muito fantasioso ou depreciativo.

No entanto nada é mais impactante do que ver o Superman realmente mostrando toda extensão de seu poder desferindo socos poderosos na  luta contra Darkseid (quando o vilão invade nosso planeta).

E pra nos deixar mais maravilhados Kal fica dizendo frases cheias de ironia e voando a fim de humilhar ainda mais o Senhor de Apokolips.

Na minha opinião Liga da Justiça é a melhor série animada feita com os heróis da DC e vale a pena reassistir toda vez que der vontade.

2 Comentários

Arquivado em Superman: Através dos Tempos

2 Respostas para “Superman: Através dos Tempos

    • É a melhor animação feita sobre a Liga da Justiça até hoje. Se você prestar atenção em Justiça Jovem o design da JLA ficou tipo anime e na Sem Limites mais cartunesco, pois foi feito pelo grande Bruce Timm. As histórias são bem elaboradas e contém vários personagens da DC tanto conhecidos quanto obscuros. Eu adoro Sem Limites e não me canso de assistir. Obrigado pelo seu comentário.

Deixe uma resposta para lista de emails Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s