Arquivo do mês: fevereiro 2013

Heróis Nipônicos

Kamen Rider - 1971

Kamen Rider

A cultura japonesa é bastante rica tanto na literatura, poesias, filmes artes, desenhos e séries.

E pra mim existem 4 personagens que são super importantes na cultura de ficção nipônica: o primeiro é o Godzilla (que logo terá uma nova versão), o segundo é o National Kid, o terceiro é Ultraman e em quarto temos Kamen Rider (Motoqueiro Mascarado).

Não sei se é necessariamente nesta ordem, mas são os mais expressivos e que se destacam, particularmente eu colocariam em primeiro lugar o Ultraman (é lógico, pois sou fã de carteirinha assinada do herói) sendo que Hideki Goh e Sin Hayata são meus preferidos.

Há uma enorme lista de atores que já interpretaram o gigante da família Ultra, mas em contra partida os Kamen Riders também são uma dinastia vasta. Conheça o primeiro que nunca foi mostrado aqui no Brasil.

Kamen Rider foi um mangá (HQ japonesa) que foi criada pelo falecido Shotaro Ishinomori, em 1971.

kamen_rider_1_2

A Série

Takeshi Hongo, um estudante universitário de ciências e piloto de motociclismo, é sequestrado pela organização terrorista Shocker, com o intuito de transformá-lo num soldado cibernético. Antes da operação ser concluída e de sua memória ser apagada, Hongo consegue escapar e passa a combater Shocker, adotando o nome Kamen Rider.

Posteriormente, o fotógrafo free-lancer Hayato Ichimonji também é capturado e transformado num ciborgue  idêntico a Hongo, para eliminar o traidor. Hongo, no entanto, salva Ichimonji antes dele ser submetido a uma lavagem cerebral e Ichimonji passa a ocupar o lugar de Hongo como Kamen Rider, já que Hongo deixa o Japão para combater os agentes da Shocker em outras partes do mundo.

Mais tarde, com a volta de Hongo ao Japão, este passa a ser conhecido como Kamen Rider número 1, e Ichimonji, Kamen Rider número 2. É a vez de Ichimonji deixar o Japão para combater uma outra organização, Geldan. Quando Shocker e Geldan se fundem num único grupo, Gel-Shocker, Rider 2 retorna para ajudar Rider 1 a desmantelar a nova organização.

Takeshi_Hongo

Kamen Riders

Takeshi Hongo / Kamen Rider 1 – Foi o protagonista do episódio 1 ao 13, porém nas gravações do episódio 14, seu intérprete, Hiroshi Fujioka, sofreu um acidente de moto e teve uma perna quase dilacerada.

Foi substituído por Takeshi Sasaki, que interpretou um novo personagem: Hayato Ichimonji/Kamen Rider 2. Para explicar a ausência de Hongo, foi dito que ele deixou o Japão para lutar contra os agentes da organização Shocker no estrangeiro. Tempos depois, Hiroshi já estava apto a voltar às gravações, fazendo então participações nos episódios 41, 49, 51 e 52 (este último marcava a saída de Nigou). Ichigou “reassumiu” no episódio 53 até o último (98), em que os dois Riders lutavam contra Gel Shocker na batalha final.

Hayato_Ichimonji

Hayato Ichimonji / Kamen Rider 2 – Foi o protagonista da série do episódio 14 ao 52, substituindo Ichigou, cujo ator havia sofrido um acidente. No episódio 53, sai da série para lutar na Europa e América do Sul e , aperfeiçoando suas técnicas de luta e ganhando uma nova forma. Teve participações nos episódios 72, 73, 93, 94 e no episódio final (98) para lutar ao lado de Ichigou na derradeira batalha contra Gel Shocker.

Assista aqui a abertura da série deste herói clássico.

Fonte: Wikipédia.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Heróis Nipônicos

Imagens

z

Sailor Moon

Criada pela artista Naoko Takeuchi o mangá “Codename: Sailor V” se tornou um enorme sucesso de vendas na Terra do Sol Nascente, mas quando foi adaptado pela Toei Animation houveram algumas modificações.

Sailor Moon faz parte do segmento de magical girl ao qual pertencem Sakura Card Captors entre várias outras.

A grande diferença deste anime é que além de ser do estilo citado acima também tem características dos Super Sentai (tipo Changeman, Google Five, Flashman entre outros).

Só pra constar devido ao seu enorme sucesso desencadeou uma franquia de diversos produtos sendo vendidos.

Seu nome original é Bishojo Senshi Sailor Moon (algo do tipo “Graciosa Guerreira Marinheira da Lua”), mas também é reconhecido pelo nome Pretty Soldier Sailor Moon.

No anime, Serena Tsukino (no original, Usagi Tsukino) era uma estudante colegial e levava uma vida normal. Até que num dia encontra Luna, uma gata falante que lhe jogou uma bomba incrível.

Seu destino era se tornar Sailor Moon, uma guerra mágica recebendo o prima lunar transforma-se na campeã do amor e da justiça (lutando contra as forças do mal). Além disso também terá a missão de procurar a Princesa da Lua.

Luna conta que há muito tempo atrás o Reino Sombrio (Dark Kingdom) tinha destruído o Reino da Lua, Milênio de Prata (Silver Millenium). Então a Rainha Serenity tentando proteger sua filha manda-a pro futuro.

O detalhe é que com ela haviam sido enviadas suas guardiãs, Endymion, o Príncipe do Reino da Terra (e os gatos Artemis e Luna).

Assim que começa enfrentar seus inimigos, Serena recebe ajuda de suas amigas que se tornam as Sailors: Ami Mizuno (Mercúrio), Rei Hino (Marte), Lita Kino (Júpiter), Mina Aino (Vênus).

A parte mais importante é que abusando do estilo de Super Sentai cada uma das Sailors tem uma característica interessante: Ami é sábia, Rei demonstra ser decidida, Lita é forte, Mina é simpática e somente Serena é a chorona, atrapalhada e desastrada de todas.

Durante os episódios além de suas amigas, Serena sempre nos momentos mais importantes recebe ajuda do Tuxedo Mask (Darien Chiba).

Depois de algum tempo surge a pequena Rini (Chibiusa), filha de Serena e do Tuxedo que veio do futuro pra ajudá-los. Sua mente havia sofrido uma lavagem cerebral pra que não fosse descoberto que era filha deles.

Em mais alguns episódios futuros, Rini retorna novamente como Sailor Chibi Moon par que possa ser uma aprendiz de Sailor.

A cada episódio a amizade entre Serena e as Sailors continua ficando melhor e seu passado misterioso vai sendo descoberto.

Como não poderia deixar de ser há um inimigo pra ser combatido é a Rainha Beryl que envia diveros inimigos pra lutarem contra Sailor Moon.

Além da personagens principais Sailor Moon tinha diversos coadjuvante entre os quais destaco: Ikuko Tsukino e Kenji Tsukino (mãe e pai de Serena), Sammy Tsukino, irmão mais novo de Serena, Molly (Naru Osaka), melhor amiga de Serena que se apaixonou por Nephrite (um dos inimigos das Sailors).

Temos ainda a Professora Carolina (Haruna Sakurada), Jimmy (Gurio Umino), Mário (Motoki Furuhata) entre outros.

Outras heroínas também foram apresentadas as Sailor Senshi do Sistema Solar Externo (Outers Senshi).

Sailor Plutão (Setsuna), Sailor Urano (Haruka), Sailor Saturno (Hotaru) e Sailor Netuno (Michiru).

Podemos destacar que historicamente falando Sailor Moon foi um anime feito voltado totalmente pro público feminino. Mais que fez um sucesso estrondoso por aqui tento com meninos qunto com meninas.

Feito numa época meio distante na qual pderia haver cortes nos desenhos (tipo aconteceu com Dragon Ball Z). Um fato que me impressionava bastante era o relacionamento entre as Sailors Urano e Netuno (que foi bonito e marcante).

Deixando saudade no coração dos fãs, Sailor Moon foi exibido na extinta Rede Manchete, com dublagem da Gota Mágica. O saudoso anime teve a marca de 200 episódios começando em 1992 e terminando em 1997.

Confira na galeria abaixo algumas imagens de Sailor Moon e de outras musas nipônicas que garimpei na web

 

 

 

Deixe um comentário

Arquivado em Imagens.

Artista

z

Artgerm

Ele é mais reconhecido como Stanley”Artgerm” Lau  não sei qual é seu verdadeiro nome, pois pra mim isto pouco importa.

Mais sua arte é  tão especial com contornos anatômicos bem construídos  e cores fortes que nos envolvem  deixando-nos bem a vontade ao apreciá-la.

Confira no Deviantart mais deste trabalho incrível e veja na galeria abaixo o que pesquei na web.

0 1 2 3 4 5.1 5 6.1 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 Alice-in-Wonderland batgirl 0 batgirl 1 batgirl 2 batgirl 3 batgirl 4 Batman 1 Batman 2 black_cat Flash_VS._Zoom green-lantern Harley_Quinn Ken_Masters Korra Mai_Shiranui Mai_VS_Ukyo morrigan Ms._Marvel Nightwing Phoenix Poison_Ivy Power_Girl Ryu Sakura_Sunshine Superboy supergirl The_Mighty_Crusaders wallpaper 0 wallpaper 1 wallpaper 2 wallpaper 3 wallpaper 4 wallpaper 5 wallpaper 6 wallpaper 7 wallpaper 8 wallpaper 9 wallpaper 10 wallpaper 11 wallpaper 12 X-Men

Deixe um comentário

Arquivado em Artista

HQ

loki

Loki – Edição Encadernada

É mais do que sabido que o Thor dos quadrinhos não é exatamente igual ao que há descrito na mitologia nórdica.

Mas Loki, o trapaceiro tem várias passagens e personalidade tal qual é dito na Edda Poética tornando o vilão mais interessante ainda.

Será que alguém seja homem ou deus poderá fugir do seu destino?

Esta HQ levanta essa questão até onde podemos seguir tudo que está escrito no livro do destino?

Vemos Loki conquistar o tão almejado trono de Asgard e todos estão subjugados diante do desprezado vilão. Mais o posto outrora sonhado não é visto da mesma maneira  que antes por ele.

E aí consiste uma das mais impressionantes partes desta obra escrita por Robert Rodi.

Loki tornou-se o maior soberano de Asgard, mas não está contente com isso. O foco do roteiro não se concentra só na eterna luta entre os irmãos, mas também  na jornada pessoal do deus da trapaça.

Eu li a edição toda de uma vez, porque não pude desgrudar os olhos dela. Temos uma  narrativa intimista aonde somos inseridos na mente distorcida do Loki e isso foi muito impactante.

Os sentimentos do vilão são demonstrados de maneira primorosa em toda a sua ambiguidade. Por mais incrível que possa parecer o Loki desta edição é o mesmo visto no filme dos Vingadores a essência não difere em nada.

É exatamente por isso que o longa é tão bom, pois podemos reconhecer os personagens das telas no mundo da nona arte.

Das inúmeras histórias que já lemos sobre a eterna luta entre Thor e Loki está é a melhor de todas que já pude ler. Estamos cansados de saber que Loki odeia e antagoniza com Thor, pois são como as trevas e a luz respectivamente.

Mais aqui temos o prazer de ver o ponto de vista de Loki Laufeyson,  até onde vai a sua insaciável sede de poder e principalmente seus conflitos internos.

As ilustrações de Esad Ribic nos brindam com um majestoso passeio pela linda Asgard, além de palácios, bosques e outros reinos incríveis.

No final temos as capas das 4 edições com o trabalho do artista citado acima e uma demonstração da versão original de quem é o verdadeiro Loki na mitologia nórdica de onde surgiu a inspiração para o personagem das HQs.

Nunca gostei do Loki, pois ele sempre será mesquinho, trapaceiro e invejoso, mas desta única vez  fiquei compadecido pela triste e inclemente sina pela qual o vilão está fadado a ter sobre si.

HQ: Loki

Editora: Marvel

Artista: Esad Ribic

Roteiro: Robert Rodi

Ano: 2012

 

 

Deixe um comentário

Arquivado em HQ.

Herói

z

Popeye

O marinheiro é um dos personagens mais antigos da história das HQs. Surgido no distante ano de 1929. É mais antigo do que o Superman, pois o kriptoniano só conseguiu ir ás bancas em 1938.  E Popeye  pouco tempo depois de surgir estrelou algumas animações em 1933.

Este herói têm a estranha característica de comer espinafre para ficar mais forte, mas na verdade a folha é rica em ferro. Talvez suponho seja por isto que usaram o espinafre e convenhamos brócolis não dá mesmo.

Queria saber porque a Olívia Palito é tão magra? Será que foi criada desta maneira de propósito, porque hoje poderíamos dizer que ela é anoréxica ou bulímica e tal fato é estranho pra caramba.

Não sei o que é pior a Olívia ser tão magra ou o fato de ter dois homens que incessantemente brigam por sua conta. Ela ao longo das décadas consegue esse feito incrível. Bom, acho que não é a Olívia que têm sorte, mas Popeye e Brutus  que são obtusos demais.

Brutus é o vilão criado para antagonizar com nosso herói, porém nunca vi cara tão chato e invejoso quanto ele. Podemos notar que ao longo das diversas animações Brutus  teve várias fases diferentes.

De todos os coadjuvantes do marinheiro eu sempre achei o Dudu o mais enjoado, pois sempre pede fiado pra comer um hambúrguer: “pago na terça-feira” e nunca consegue pagar.

Eu odiava a Bruxa do Mar antigamente, no entanto analisando friamente pode-se notar que ela daria um ótimo par com o Brutus ambos se merecem.

Mudando um pouco Robin Williams é um ator consagrado que já fez diversos papéis incríveis em vários filmes correto? Sim, até aí concordo plenamente, mas o que poucos devem se recordar é que no início de carreira o ator já interpretou o famoso marinheiro.

Sério isto é verdade absoluta e foi a primeira adaptação de personagem que assisti.

Acho que hoje Robin Williams deve até ter esquecido que trabalhou neste longa.  O filme é uma adaptação fiel ao universo do Popeye das HQs criadas por E. C. Segar.

O marinheiro está a procura de seu pai o Vovô Popeye numa cidade aonde conhece a Olívia Palito. Só que a mocinha está comprometida com o vilão Brutus.

Nesse meio tempo é deixado um bebê com nosso marinheiro preferido o Gugu (que nas animações só arranja confusão).

A coisa mais incrível é que Popeye não gostava de espinafre, mas teve que comê-lo para poder salvar o dia.

Esta adaptação consegue ser muito fiel ao que foi proposto nos quadrinhos e nas animações originais (foi feito para os fãs). É claro que hoje em dia com as novas tecnologias fica realmente parecendo estranho, mas vale a pena conferir por ter um Robin Williams em início de carreira.

Confira esta primeira animação do herói feita pelo estúdio dos irmãos Fleischer  sobre o marinheiro comedor de espinafre.

Este é o meu episódio preferido de todos que já assisti do Popeye.

E veja esta galeria de imagens

0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 brutus 2 brutus popeye 1 Popeye popeye_vs_brutus popeye-and-bluto robin williams wallpaper 1 wallpaper 2 wallpaper 3 wallpaper 4

Deixe um comentário

Arquivado em Herói.

Crítica

1

Os Três Patetas

Quase todas as pessoas, em algum momento de suas vidas, tiveram contato com os Três Patetas, através da TV ou do cinema. Desde o dia em que os irmãos Howard (Moe e Shemp) resolveram entrar para o mundo das artes, nem um dia sequer os Três Patetas ficaram fora do ar.

Sempre há um episódio de seus seriados, ou um longa metragem, sendo apresentado em algum lugar do mundo. Da mesma forma que Chaplin imortalizou o seu eterno personagem, o vagabundo; os Patetas imortalizaram o trio Moe, Larry e Curly, a formação mais conhecida e idolatrada pelos fãs. Mas também não menos importantes e criativos, havia Shemp, Joe e Curly Joe, os outros Patetas.

Os Três Patetas estiveram em atividade de 1930 até 1970, ininterruptamente, com cinco formações diferentes.

A primeira formação ocorreu em 1930, ainda com o nome Tedy Healey e os seus Patetas. Tedy Healey era um comediante da off-broadway que convidou Moe e Shemp para se juntarem ao seu número cômico. Shemp sairia em pouco tempo do grupo, sendo substituido por Curly, seu irmão mais jovem. Moe, Curly e Shemp eram irmãos.

Com a morte de Curly em 1952, Shemp retornou ao grupo e ficou até sua morte em 1955, sendo substituido por Joe Besser que ficou pouco tempo no grupo, aventurando-se em uma carreira solo bem sucedida na TV.

Em seu lugar entrou o último dos Patetas, Joe Derita, mais conhecido como Curly-Joe que se manteve no grupo até 1970, quando Larry faleceu. Moe ainda tentou substituir Larry, mas desistiu da ideia e esse foi o fim dos Três Patetas.

 tres-patetas

O Filme

A caracterização dos atores principais é tão idêntica que parece que estamos vendo Moe, Larry e Curly atuando juntos novamente.

O filme não é aquela obra prima, mas consegue trazer o tipo de comédia que consagrou ao sucesso Os Três Patetas há décadas atrás.

Antigamente não gostava do Moe achava-o rabugento demais ao bater tanto no Larry e no Curly, mas o que hoje parece ser algo politicamente incorreto como dar socos, pontapés e empurrões entre outras coisas do tipo era normal nas apresentações deles.

Me lembro que a Hanna-Barbera tinha a série animada Os Robobos aonde os três moravam num casebre disfarçados de humanos. Tinham um chefe que aparecia irritado 00Zero e chamava-os para a ação, então entravam numa cabine telefônica falsa gritando: “Para os uniformes. Robobos, avante!”

Os uniformes eram macacões coloridos com capa aonde havia a letra inicial do nome de cada um que se abria num compartimento com acessórios. E mesmo agindo de forma muito atrapalhada conseguiam salvar o dia.

No filme Moe (Chris Diamantopoulos), Larry (Sean Hayes) e Curly (Will Sasso) são deixados num orfanato desde pequenos e após 25 anos por mais incrível que possa parecer ainda estão morando lá.  Sempre causando altas confusões logo chega a notícia triste que senão pagarem 30 mil dólares o orfanato fechará as portas.

Então Os Três Patetas decidem ir para a cidade e tentar arranjar de qualquer jeito pagar a vultuosa quantia. O que acontece então? Mais um monte de confusão por onde quer que estejam e Moe acaba indo virar participante de um reality show que ganha mais audiência com a sua presença. Essa parte ficou parecendo uma crítica aos diversos tipos de reality que são veiculados na telinha.

O humor dos Três Patetas talvez não agrade esta nova geração que não está acostumada com seu tipo de comédia, mas para o pessoal que já passou dos trinta como eu é um prato cheio, pois já fazem parte de minha memória cativa.

É simplesmente mágico rever os Três Patetas, pois as cenas são exatamente iguais até nos bonecos que caem de alturas perigosas e logo são substituídos pelos atores. Só sei que me diverti muito assistindo a este filme e recomendo, porque vale a pena ver ao lado da família.

Fonte: Mofolândia.

4 Comentários

Arquivado em Crítica

Cosplay Girl

z 1

Chun-Li

É a integrante chinesa do mundialmente famoso game Street Fighter e nos impressiona com incríveis golpes de luta.

Veja nesta galeria algumas modelos cosplayers vestidas como nossa heroína Chun-Li.

0 1 SAMSUNG 3 4 5.1 5 6 7 8 9 10 11 12 13 15 16 17 18 19 20 21.1 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 Chun Li and Cammy (1) Chun Li and Cammy (2) Chun Li and Cammy (3) Chun Li and Cammy (4) Chun Li and Cammy (5) Chun Li and Cammy (6) Chun Li and Cammy (7) Chun Li and Cammy (8) Chun Li and Cammy (9) Chun Li and Cammy (10) Chun Li and Cammy (11) Chun Li and Cammy (12) Yaya Han 1 Yaya Han 2 Yaya Han 3 Yaya Han 4 Yaya Han 5 yaya han 6 yaya han 7 yaya han 8 yaya han 9 yaya han 10

Deixe um comentário

Arquivado em cosplay girl