Arquivo da tag: aventuras

Desenho Antigo

papaleguas-coiote

Papa-Léguas

A ideia era bastante simples, pois no deserto americano um coiote perseguia uma ave para poder matar sua fome. O Papa-Léguas era muito veloz deixando o apalermado coiote com cara de bobo toda vez que saia em disparada pela estrada (dizendo somente beep-beep).

Em sua busca incessante para pegar a ave nosso querido coiote sempre comprava engenhocas da ACME, uma empresa que fabricava de tudo que necessitava.

Não sei de onde retirava toda aquela grana pra comprar tanta tralha, mas pra nossa alegria geralmente seus planos davam errados.

Seja terminando com ele caindo num canyon,  preso em sua própria armadilha, explodindo algo em seu rosto ou sendo atropelado por um caminhão. É nas placas que eu me divertia, pois o coiote não falava nada.

É impossível não gostar do Papa-Léguas, porque na maioria dos episódios ele consegue passar a perna em seu arqui-inimigo (contando simplesmente com muita sorte e um pouco de inteligência).

Por mais que suas sucessivas tentativas de tentar agarrar o pássaro veloz “nunca” se concretizem, Willie E. Coiote sempre acha que conseguirá seu intento sem desistir (é muita paranoia).

Na verdade a essência do desenho nós já havíamos visto antes com Tom & Jerry e também com Frajola e Piu-Piu. Ou seja aquele clima de perseguição aonde o perseguido na maioria das vezes consegue se dar bem.

Enquanto seu algoz sofre prejuízos danosos, mas sempre no outro episódio está tramando alguma para pegar seu oponente.

Outro fato interessante é que o Papa-Léguas existe de verdade sendo de onde veio a inspiração de Chuck Jones para a famosa animação.

Seu nome é como no original, Road Runner, e vive no deserto norte-americano, na Califórnia. A ave mede 50 centímetros se alimenta de insetos, lagartos, escorpiões e cobras venenosas.

Ela pode voar, mas por ser um desastre absoluto nisso prefere ficar no chão e alcança a impressionante velocidade de 30 KM/H. Isto tudo apenas para fugir de seus maior predador, adivinha quem é?

Bom, pelo menos na realidade o coiote consegue saciar sua fome, porém há outros predadores naturais como falcões, corvos e guaxinins.

Coyote_Falls_02

No desenho O Show dos Looney Tunes que conta as aventuras de Pernalonga com Patolino, morando na mesma casa (é muito fantástico e surreal). A grande diferença e também seu  maior atrativo é que transportaram os personagens pro “mundo real”, pois foi feita visando no público adulto (enganou-se quem pensou que era pra criança).

Então vemos Pernalonga e cia. exibindo problemas financeiros, ou de relacionamentos com namoradas, mas mesmo assim num clima que leva aos antigos desenhos que fizeram tanto sucesso durante décadas.

Nele temos duas coisas interessantes uma é Merrie Melodies aonde os personagens clássicos cantam músicas relacionadas ao episódio do desenho.

E a segunda  são pequenas participações da dupla Papa-Léguas e Coiote em forma de CGI. As confusões continuam sendo as mesmas e a única diferença é que Willie compra seu material pela internet (através de um laptop). Infelizmente o SBT cortava os dois segmentos quando exibia na telinha (e somente no DVD conseguimos assistir).

A gente fica torcendo pro Coiote se dar bem, mas ele é tão azarado que geralmente o Papa-Léguas consegue se safar daquelas armadilhas. E mesmo que nós saibamos como será o desfecho manjado de toda aquela perseguição (no outro dia) estamos sentados novamente para nos deliciar com aquelas trapalhadas, correrias e explosões.

Deixe um comentário

Arquivado em Desenho Antigo

Super Séries

BJ

As Aventuras de BJ

Era uma série que misturava comédia e aventura, produzida por Glen Larson e Michael Sloan sendo apresentada aqui pela TVS (atual SBT) na década de 80.

O caminhoneiro Billy Joe McKay (Greg Evigan) andava pelas estradas norte-americanas ao lado de seu animal de estimação o chimpanzé Urso num enorme caminhão vermelho e branco. Bom, se prestarmos atenção este veículo serviu de base para o Líder Optimus do antigo desenho dos Transformers.

BJ era um caminhoneiro independente que usava seu caminhão para poder ganhar a vida e geralmente enfrentava caminhoneiros rivais, bandidos de todo tipo e policiais corruptos.

O herói tinha sempre na sua cola o terrível Xerife Lobo que arranjava de todas as maneiras uma forma de prendê-lo. Felizmente BJ não estava sozinho nesta luta, pois ao seu lado estavam a policial estadual Wilhemina Johnson enviada para vigiar o Sargento Wiley, e Tommy outra caminhoneira.

Claude Akins devido ao sucesso de sua interpretação do Xerife Lobo teve que deixar as Aventuras de BJ para estrear sua própria série. Em seu lugar entrou dois policiais corruptos Sargento Beauregard Wiley e seus dois xerifes, Masters e Cain.

E quando não estava metido em alguma confusão BJ divertia-se no Country Comfort Truck Stop (uma parada de descanso) do seu amigo Bullets.

Na segunda temporada BJ se instalou na Califórnia abrindo sua empresa que batizou de Urso (ou Bear no original), o nome de seu chimpanzé. Só que agora enfrentava o político corrupto Rutherford Grant sócio da maior firma de transportes do estado.

Ele não queria qualquer forma de concorrência que atrapalhasse seus negócios, então arranjava qualquer coisa para atrapalhar a empresa do herói. Grant com sua influência amedrontava todo caminhoneiro que trabalhasse para BJ.

A solução foi arranjar uma equipe composta só por mulheres que incluía as lindas gêmeas Teri e Geri Garrisons, Cindy (filha de Grant). Também foram incluídas outras personagens como Angie Cartwright (caminhoneira), Sam, Stacks e Callie Smith.

Mais infelizmente o time de belas caminhoneiras não foi suficiente para segurar a audiência e a série foi cancelada.

BJ era um grande namorador e a parte interessante é que estava sempre na companhia de belas mulheres.

Fonte de Pesquisa: Wikipédia e InfanTV.

1 comentário

Arquivado em Super Séries

Desenho Antigo

Super Mouse

O que seria do mundo dos camundongos perseguidos e cercados por gatos  se não fosse a intervenção do Super Mouse?

Engraçado que ao pensar nesta série animada veio na lembrança o bordão: “Super Mouse é seu amigo, vai salvá-lo do perigo.”  SM usava sempre que sua namorada, Zizi, se encontrava ameaçada pelo infame vilão Gato Gatuno (que é muito parecido com Lex Luthor).

O personagem é claramente inspirado no Superman, pois lembro que havia duas versões diferentes do seu uniforme.  Na original havia um azul e capa vermelha.

E depois tem outra versão do uniforme amarelo e  capa vermelha que é mais conhecida. Lembro que Super Mouse tinha uma base na Lua e ficava olhando pra Terra num telescópio tomando conta de tudo.

Super Mouse em sua entrada triunfal demonstrava que quando vinha resolver algum problema era pra salvar o dia. E ao sair voando  tinha um rastro vermelho que se tornava sólido e usava como corda.

Seus poderes incluem super força, super sentidos e poder de voo que eram empregados no combate contra os vilões. A graça da animação era justamente essa o herói que ajuda os pequenos, fracos e indefesos contra os grandes felinos vilanescos.

Particularmente não gosto de As Novas Aventuras do Super Mouse, da Filmation (1987). Infelizmente ficou muito abaixo da versão original. Confesso que até conseguiram levar o personagem para outras gerações, mas a forma lúdica das primeiras animações é sem precedentes.

Super Mouse está  guardado em minha memória afetiva, pois de maneira divertida me faz voltar pra uma época em que minha vida era somente ficar em frente a TV, ir pra escola e nada mais.

Mais detalhes no Wikipédia.

2 Comentários

Arquivado em Desenho Antigo