Arquivo da tag: liga da justiça

HQ

Brincadeira-de-Crianca

Brincadeira de Criança

Neste episódio de Sem Limites Morgana Le Fey encontra um artefato  mais poderoso do mundo. O amuleto de Magia Primal. Só que  Mordred está cansado de esperar que sua mãe lhe arranje um reino só seu para governar.

E enfurecido pega o amuleto das mãos dela exilando todos os adulto do mundo numa espécie de limbo. Morgana diante daquela situação pede auxilio de John Stewart, Diana, Batman e Superman transformando-os em criança para retirarem o artefato das mãos de seu filho.

Longe do controle dos adultos as crianças estão bem a vontade, mas a parte engraçada é ver Diana dando encima de Bruce descaradamente e John dizer para Clark que apesar de possuir vários tipos visões não consegue enxergar o que acontece ao seu redor.

Brincadeira de Criança termina com Mordred virando um velhinho gagá por toda eternidade e sua mãe cuidando dele com maior carinho. O fato dos adultos serem banidos da Terra me lembrou a HQ Melhores do Mundo n° 30 na qual acontece algo semelhante.

os-melhores-do-mundo-n-30

Um Mundo Sem Adultos

Na primeira história temos a presença de Robin (Tim Drake), Superboy e Impulso (Bart Allen) que após agirem tem respectivamente sua atenção chamada por seus tutores : Batman, Superman e Max Mercúrio.

Robin é mandado de volta pra Batcaverna, Superboy precisa recolher os destroços de sua batalha e Impulso deve voltar pra casa e estudar.

A presença dos heróis jovens tem ligação com o garoto aniversariante Matthem Stuart que ganha de presente, um estranho artefato atlante, de seu pai que arqueólogo.

É lógico que o garoto queria receber outra coisa, um vídeo game, mas o inusitado presente revela ser um gênio malvado que foi preso pelo Mago Árion séculos atrás (o gênio possuiu o corpo do menino).

A primeira mudança a ser notada é o sumiço de todas as crianças do mundo “real” que foram transportadas para o Mundo Infantil.

O roteiro de Todd Dezago é inteligente mostrando que sem a presença dos adultos para impor regras ou cobrar atitudes (a bagunça da criançada é total e geral).

Só que a arte combinada de Mike McKone e Humberto Ramos decepciona. Talvez por querer nos ambientar num estilo cartoon pra mim ficou bastante estranha.

E quem salva as crianças das confusões que elas mesmas aprontam são os heróis adolescentes da DC.

Mary Marvel salva o garoto que pulou do alto de uma casa com guarda-chuva, Superboy ajuda a pousar o avião do jovem piloto na Ferris Aeronáutica, Robin um moleque que dá uma de atirador e Impulso os encrenqueiros que soltaram todos os animais do zoológico.

Os salvamentos fazem os três jovens se encontrarem na busca por resposta pro que está acontecendo. A preocupação da LJA e também do mundo é demonstrada pelo presidente Bill Clinton (desesperado pelo que está acontecendo, porque sua filha Chelsea Clinton também está desaparecida).

E o Flash faz a principal pergunta onde eles não estava procurando era aonde as crianças estavam. A verdade é que o menino Matthew Stuart  passou a se chamar Bedlam e acho que tinha o incrível poder de realizar todos os seus desejos (estava sendo controlado e manipulado pelo gênio púrpura).

Como sempre Batman descobre o que aconteceu, pois foram os adultos que sumiram da face da Terra enquanto as crianças ficaram livres. Deixando o resto da Liga em polvorosa por acreditar que seus assistentes estariam em graves apuros.

A trindade jovem segue pra Fawcett City para convocar Billy Batson  para ajuda-los, mas o rapaz com medo de morrer declina de participar. Depois de muito pensar Billy diz a palavra mágica e de forma preocupante não consegue se transformar no Capitão Marvel, porém fica preso entre os dois mundos.

Quando decide procurar a LJA na outra Terra conta toda situação pra eles citando Happy Harbor. Sendo aí que a equipe descobre o fio da meada que tanto esperavam. Bom, lembrando que Happy Harbor é o primeiro QG da Liga original.

A parte interessante é ver Robin, Impulso e Superboy enfrentando seus maiores temores. Somente Robin pensa no assunto e consegue reverter a situação trocando cada um de oponente (situação clássica que sempre funciona).

Algo que dá pra notar que Impulso por não ser muito inteligente faz o engraçadinho da turma. Sua imaginação fértil me lembrou Bobby Generic, pois eles são exatamente iguais.

O gênio púrpura estava controlando o corpo do Capitão Marvel, que é feito de magia, então era por isso que Billy não podia se transformar.

Um Mundo Sem Adultos não apresenta nada de especial, pois sua narrativa não demonstra o normal que nós estamos acostumados a ler (socos, explosões, destruição e vilãos insanos).

A história é bem fraquinha, porém o roteiro inteligente e similar a animação foi o que me fez lembrar desta história.

A única coisa de relevante é que aqui está o primeiro encontro da futura equipe Justiça Jovem, que iniciou com Superboy, Robin e Impulso, pois o Tornado Vermelho aparece no final.

HQ: Os Melhores do Mundo n° 30

Editora: Abril/DC Comics

Mês/ Ano: Abril/2000

Deixe um comentário

Arquivado em HQ.

Musas de Tinta

z

Miss Marte

M’gann M’ozz foi criada pelo roteirista Geoff Johns e pelo artista Tony Daniel. Sua primeira aparição foi em Teen Titans n° 38.

No gibi a heroína surgiu logo após o período da saga Crise Infinita. Ao chegar na Terra se tornou integrante dos Titãs que estavam recrutando novos membros. Só que houve diferenças com outros heróis da equipe, principalmente Rose Wilson.

Ela saiu do grupo indo morar no deserto da Austrália, porque lembrava demais seu lar em Marte. Algum tempo depois houve uma busca por Ravena e também por um traidor e os Titãs reencontraram Miss Marte convidando-a para voltar pra equipe (ela recusou).

A heroína descobriu que a traidora era Granada indo contar pros seus amigos, porém a vilã acusa Miss Marte de traição (então os Titãs descobrem que Megan é uma marciana branca).

E mesmo tendo muita desconfiança de alguns membros sobre sua verdadeira origem a heroína volta a atuar na equipe.

Miss Marte possui os mesmos poderes que seu “tio” Ajax tipo: ficar invisível, super força, ler mentes, pode voar, intangibilidade, telecinese, emitir poderosas rajadas dos olhos e também alterar sua forma pro que desejar.

 Megan Morse adotou seu nome de um antigo seriado televisivo: “Alô Megan” do qual copiou a fisionomia da atriz principal e também todas as suas características marcantes.

Pelo que pude notar Miss Martian é uma marciana branca raça que é a principal inimiga dos seres humanos.

No desenho Justiça Jovem o tema básico é demonstrar os heróis adolescentes da DC enfrentando diversos desafios para provarem seu valor para seus tutores e conquistar espaço na Liga da Justiça.

Tanto a trama como o design ficou totalmente diferente da série animada da Liga da Justiça que mostrava ser mais estilizada e Os Jovens Titãs que foi baseada em anime (e que de uma maneira muito estranha não mostrava os heróis adultos da DC).

A equipe de Justiça Jovem é formada por Robin, Aqualad, Kid Flash, Superboy e Miss Marte (depois temos a inclusão de Artemis).

Robin é o herói mais novo do grupo e só por ser ajudante do Homem Morcego queria ser líder da equipe, mas ficou bem melhor a  liderança do Aqualad (e sinceramente já estava ficando de saco cheio de ver o Menino-Prodígio sempre neste cargo).

As missões são passadas pelo Batman, mas o Tornado Vermelho também participa como tutor deles assim como era na HQ.  A parte interessante deste desenho é notarmos que trata-se da jornada dos adolescentes para se tornarem heróis pelo seu próprio caminho.

Outro fato que chamou minha atenção foi que além dos superpoderes. Vemos adolescentes normais passando por todos os problemas típicos desta fase da vida como: primeiro romance, ansiedade entre outras coisas que já não me recordo mais (lembrem-se que já passei por esta fase há muito tempo atrás).

Em Justiça Jovem Miss Marte curte um namoro com Superboy que no princípio mostrava ter uma personalidade muito arredia, mas a simpatia dela acabou conquistando o coração do rapaz

Ela tem medo que descubram sua verdadeira origem horrível de marciana branca( e sendo assim que todos se afastem com medo dela ).

Infelizmente não pude acompanhar a maioria dos episódios de Justiça Jovem que foram veiculados pelo SBT, pois como sempre a  emissora não respeita seus telespectadores (retirando de repente a série animada da programação).

Veja na galeria abaixo algumas imagens de Miss Marte que garimpei na web

0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 16 17 18 19 megan 21 22 23 24 25 26 27 28

31

29 30 Martian_Martian_by_MK01 miss_martian_by_autumn_sacura miss_martian_by_blenderpower miss_martian_by_cartoongirls miss_martian_by_davidjcutler miss_martian_by_doctorpretorius Miss_Martian_by_LeoCez miss_martian_by_leppardra miss_martian_by_msciuto miss_martian_by_the_other_mike Miss_Martian_colors_by_Fuentes_by_ToddNauck miss_martian_on_beach_by_hiniha Missmartian Miss-Martian-by-Chou-Roninx wallpaper 1 wallpaper 2 wallpaper 3

wallpaper 4

wallpaper-young-justice

Deixe um comentário

Arquivado em Musas de Tinta

Herói

z

Ajax, O Caçador de Marte

Vemos constantemente o crédito de primeiro herói da Era de Prata ir para o Flash (Barry Allen), mas todos estão enganados. Porque este mérito é do Caçador de Marte.

O homem há séculos vem se indagando se existiu vida em Marte. No campo fértil da ficção temos várias histórias sobre o assunto. A mais célebre delas é John Carter de Marte e há também um herói da DC Comics.

Ajax e seu nome na linguagem marciana é J’onn J’onzz, mas atualmente está sendo chamado como no original Caçador de Marte fica até difícil saber por qual nome falar deste personagem basta apenas escolher.

A antiga editora EBAL deu ao herói o nome Ajax para que coubesse no formato dos balões de diálogos que havia no Brasil na época (depois a editora Abril manteve o nome dele assim).

O Caçador de Marte é um dos mais importantes personagens do UDC tendo a incrível façanha de já ter participado de quase todas as formações da LJA desde a origem da equipe, até aos dias atuais e num possível futuro longínquo.

Apesar dos poderes praticamente parecidos com os de Kal-El e ser chamado cruelmente de Superman de 2° linha têm a capacidade de modificar sua aparência pra ser qualquer coisa que desejar tanto pessoa ou animal alienígena.

Um fato curioso é que o herói se sente totalmente só e têm uma dificuldade muito grande em interagir com os outros talvez seja por sua perda trágica. E a Mulher Maravilha é sua melhor amiga. Mas no último episódio da animação da Liga Jonn está acompanhado de uma senhora na muralha da China e quando parte pra ação é pra arrebentar.

E por falar em arrebentar Ajax têm uma personalidade bem tranquila, mas quando perde a calma demonstra toda extensão de seu poder. Poderes que incluem visão marciana, superforça, invulnerabilidade, podendo até ficar invisível ou intangível e tantos outros dons que o torna interessante.

Pra mim a nível de poder é o terceiro integrante mais poderoso da Liga, porque em primeiro fica o Superman e em segundo o Capitão Marvel.

A característica mais interessante do Caçador de Marte é poder mudar de forma. Um transmorfo pode ser quem quiser e essa habilidade específica já ajudou a Liga em diversas ocasiões.

Além disso  é um dos maiores telepatas que existem e aproveita esta sua capacidade em sua identidade civil como o detetive John Jones. Em sua capacidade detetivesca perde apenas para o Batman.

Outra coisa interessante é que além do Batman e Ajax também temos o Homem Elástico como um detetive renomado nas HQs da Liga sendo em ordem Batman (insuperável, não é?), Ajax e Ralph Dibny.

Todo super-herói clássico têm uma fraqueza isto parece ser uma regra básica e com Ajax não poderia ser diferente. Sua vulnerabilidade ao fogo é devido ao trauma da perda de sua mulher e filha em Marte (ás vezes são retratados um casal de filhos).

Ajax já foi mostrado vivo num futuro longínquo sendo possivelmente um imortal por causa de sua fisiologia marciana. A imortalidade do herói trouxe-lhe mais sabedoria sobre diversas questões  da vida, da morte e do universo tornando-o mais abrangente sua incrível compreensão de tudo ao nosso redor.

É interessante notar como Ajax se sente um intruso entre os seres humanos ou simplesmente um peixe fora d’água. No episódio Aconchego e Diversão que consolida o relacionamento entre John Stewart e Shayera foi muito estranho notar que a Mulher Gavião gosta de curtir a night (e adora também uma confusão).

O que realmente me deixou cabreiro foi ver Ajax participando do Natal na casa dos Kent. O Azulão estava se comportando como uma criança, mas pro marciano foi algo único descobrir o verdadeiro sentido desta data festiva para nós pessoas comuns.

Como sempre a animação consegue demonstrar bem a personalidade de cada integrante da Liga e assim conseguimos conhece-los ainda melhor.

Ajax já foi interpretado na telinha por dois atores. No infame filme Liga da Justiça, de 1997. O ator David Ogden Stiers interpretou o personagem e na verdade era pra ser um filme que deu origem a série, porém a produção foi muito ruim e fraca.

Depois na série Smallville: As Aventuras do Superboy tivemos Phil Morris (se não me engano sempre surgia para ajudar Clark ou alerta-lo de algum perigo iminente).

Na excelente animação Liga da Justiça: Crise em Duas Terras Ajax se apaixona por Rose Wilson, filha do Presidente Slade Wilson. Ele que na realidade habitual é o Exterminador, um dos piores inimigos da LJA (ficou de mãos atadas para enfrentar o Sindicato do Crime).

É absolutamente incrível como de maneira resoluta o marciano abdica de sua própria felicidade, pois poderia ficar na Terra-2 com Rose uma mulher fantástica na qual encontrou sua verdadeira metade (voltando para nossa Terra com seus amigos).

Só pra fechar como curiosidade há uma grande semelhança de poderes entre Ajax e o Visão, da Marvel, pois seus poderes são “quase” idênticos.

Confira na galeria abaixo algumas imagens do Caçador de Marte que encontrei surfando na web

0-alex-ross 1.1-alex-ross-2 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 31 32 ????????????????????????????????????????????????????????????????????????????? 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 ajax-crise cosplay jla-1997 martian-manhunter martian-manhunter-vsthe-vision smallville_phil morris wallpaper-1 wallpaper-2 wallpaper-3 wallpaper-4 wallpaper-5 wallpaper-6 wallpaper-7 wallpaper-8 wallpaper-9

Deixe um comentário

Arquivado em Herói.

Batman: Através dos Tempos

batman

Bat-desenhos – Segunda Parte

Há uma quantidade enorme de desenhos do Homem-Morcego  que vão desde 1968 (Filmation), passando por Super Amigos, a aclamada versão dos anos 90 e chegando até 2013.

São desenhos que exploram ainda mais a mitologia do herói, mas que não conseguem agradar a gregos e troianos.

Chega de enrolação e vamos aos bat-desenhos

The-Batman

O Batman – 2004

Esta série quebra o clima clássico dos anos 40 que havia em seus predecessores mostrando exatamente a vida do Morcegão logo após seu treinamento (num período com menos experiência no combate ao crime).

E pra dizer a verdade essa versão do herói foi feita pro público infantil querendo angariar uma nova leva de fãs.

Tanto que podemos notar o estilo anime feito pelo artista Jeff Matsuda e apesar de Gotham continuar uma cidade sombria, no entanto a mudança nas origens dos vilões ficou ruim pra caramba.

A única coisa de relevante que pude ver foi porque odiavam o Morcego. Além disso tudo lembro que detestei aqueles batgadgets que surgiram apenas pra vender brinquedos depois.

Queria ter visto a versão da Liga da Justiça só que o SBT esteve exibindo a série, mas como sempre do nada retirou do ar e pra piorar nunca lançaram todos os episódios em DVD.

batmanthebraveandthebol

Batman: Os Bravos e Destemidos – 2008

O herói já teve diversas adaptações pra telinha através dos anos. Fora a série dos anos 90 e sua participação na Liga da Justiça esta também é uma das melhores feitas com o Homem-Morcego.

Retirando o tom sombrio que havia anteriormente e baseando o herói no estilo do artista Dick Sprang (que desenhou o personagem nos anos 60).

Temos um Batman mais heroico do que nunca, voltando a ter realmente não só a aparência, mas o jeitão de personagem antigo. Falando frases de efeito e um ar mais inocente de ver a eterna luta do bem contra o mal.

No inicio de cada episódio havia uma introdução aonde o Morcego estava em ação com outro herói (e depois da abertura outra aventura diferente começava).

A melhor parte foi a inclusão de outros personagens como Superman e a Mulher Maravilha sendo mostrados com seus trajes, conceitos e feições originais. É claro que isto foi estendido para os coadjuvantes como: Lois Lane, Jimmy Olsen, Steve Trevor entre outros.

E também temos a participação de alguns heróis como Arqueiro Verde que na verdade nunca admirei, pois só passei a gostar por causa desta versão. Batman e o Arqueiro são parceiros que sempre estão “competindo” pra saber quem é o melhor herói (quem salva mais pessoas ou derruba mais vilões e por aí vai).

O fato de ambos não terem superpoderes os colocam no mesmo patamar e isso fico interessante. O Morcegão tem diversos parceiros como Aquaman, um chato que adora contar aventuras (estreladas por ele mesmo).

Homem-Borracha, numa versão engraçadíssima e muito divertida (aliás é por causa dele que o Flash ganhou aquele jeito debochado na animação da Liga). E o Besouro Azul, Jaime Reyes, o último a usar o escaravelho.

Um adolescente fã do Morcegóide que aprende a se tornar herói e nós acompanhamos sua jornada com tropeços e acertos.

A série animada deu espaço para que as lendas originais como a Sociedade da Justiça brilhassem novamente, trouxe o pentelho do Bat-Mirim (versão do Mxyzptlk) e até o Tornado Vermelho que geralmente é jogado pra escanteio conseguiram fazer algo de relevante com o herói.

Isto sem comentar a galeria de vilões, pois pegaram personagens que estavam lá no fundo baú e trouxeram á tona tipo: Rei Relógio, Homem-Pipa, Homem-Gato entre outros.

Se a intenção era pegar as crianças pra assistirem. A qualidade chamou a atenção dos fãs mais antigos (como este humilde comentarista).

alfred-and-batman1

Beware the Batman – 2013

Feita com a tecnologia em CGI esta versão do Morcegão veio na intenção de resgatar o lado detetivesco do personagem. E além da mudança em Alfred que virou um agente secreto temos a inclusão da espadachim Katana, do grupo Renegados (auxiliando-o na luta contra o crime).

O principal vilão desta vez é o Anarquia e suas histórias nos quadrinhos geralmente giram em torno de temas políticos ou filosóficos. Só que ainda podemos notar a presença de Tobias Male, Doutor Porko, Ra’s al Ghul, Alex Alex, Senhor Sapão e Magpie. A vilã surgiu na época em que John Byrne estava desenhando o Azulão.

Não gostei do visual apresentado pra esta versão, pois já tinha visto algo assim em Lanterna Verde: A Série Animada (tanto que cancelaram). Pra mim ficou tudo parecendo falso demais (prefiro o estilo tradicional). Só o tempo irá dizer se este tipo de animação vale a pena ou os produtores irão deixa-la de lado.

Por enquanto na telinha ainda não teve nenhum episódio de Beware the Batman sendo exibido, mas gostaria de ver pra ter uma ideia sobre o assunto.

Veja aqui a primeira parte.

Deixe um comentário

Arquivado em Batman: Através dos Tempos

HQ

Shogun_of_Steel

Liga da Justiça: Xogum de Aço

É uma edição especial do estilo Elseworlds ou Túnel do Tempo como chamavam por aqui. No inicio há até um glossário para poder nos conectar melhor ao enredo.

O roteiro de Ben Raab é consistente e bem desenvolvido com reviravoltas que não surpreendem totalmente, mas é bastante perspicaz. Enquanto a arte de Justiniano é fluida, com expressões faciais marcantes, mostrando um belo contraste entre luz e sombra (mantendo várias características da bela arte nipônica).

Seus personagens são interessantes e a aventura torna-se envolvente por causa de suas personalidades distintas (cada suposto herói tem um motivo para ser rebelde).

Desta vez a nave de Kal-El cai no Japão Feudal na época dos samurais, no século XIV,  e o bebê é resgatado por um humilde pescador.

A medida que foi crescendo seu pai ensinou-lhe o Caminho do Buda e com sua morte tornou-se alguém muito solitário (Hoshi entra relutante na guerra contra o cruel Xogum, porque não conseguia confiar em ninguém).

Os rebeldes são versões da Liga da Justiça: Dokuya (Arqueiro Verde), o arqueiro que não erra, Manzo (Gavião Negro), um homem capaz de conversar com os pássaros,  Inazuma (Flash), mais veloz que o próprio vento.

Komori (Batman), uma guerreira ninja sombria como morcego e também Rikichi, um gorducho muito engraçado que não possui poder algum.

E Kal que virou Hoshi ganhando a alcunha de Tekkohito, o Homem de Aço.

A formação da Liga da Justiça é que chamou minha atenção, pois mesmo que já estejamos cansados de saber quem são (mudaram drasticamente suas características inserindo-as no contexto de forma genial).

O Xogum de Aço, que na verdade é Brainiac, que veio no encalço da nave de Kal e durante os anos estava “quase” dominando todo Japão. Todos sem exceção tiveram uma perda trágica e uniram-se para libertar seu país do domínio cruel de Lorde Zunou.

A intervenção dos rebeldes sempre atrasava seus planos, porém eles partem pra uma última ofensiva contra o tirano na Fortaleza da Solidão (aqui a moradia do Senhor Feudal).

Aqui temos uma inusitada história de amor entre Batman e Superman, pois o Morcegão é uma linda mulher. A entrada definitiva de Hoshi para o lado dos rebeldes foi devido a personalidade marcante dela.

O melhor de tudo é a luta final entre Kal e Braniac ou seja Hoshi e o Lorde Zunou com dragões simbolizando cada antagonista a cena é de uma beleza ímpar (o embate é brutal e surpreendente).

A arte de Justiniano nos faz passear pela história de uma maneira tão agradável que seus personagens ficam guardados em nossa lembrança.

HQ: Liga da Justiça: Xogum de Aço

Editora: Mythos

Ano: 2002

Deixe um comentário

Arquivado em HQ.

Musas de Tinta

z

Vixen

Seu nome  é Mari (Jiwe) McCabe e por um grande espaço de tempo esteve jogada no segundo escalão da editora. Ela tem a incrível capacidade de copiar qualquer habilidade animal  e basta apenas pensar pra utilizar seu poder.

Uma lenda diz que o guerreiro Tantu, na África antiga, fez um pacto com o Deus Aranha Anansi pedindo para conjurar um totem que conferisse poderes animais pra quem o usasse protegendo os inocentes.

Na verdade Anansi, era um alienígena que fazia constantes visitas a Terra e concedia poderes a um ser humano deixando em contato com a natureza (aconteceu o mesmo com o Homem-Animal).

Diante deste poder Tantu foi o primeiro herói da África e o totem foi passado de geração á geração pra família Jiwe (virando lenda).

Mari cresceu ouvindo esta história. Seu pai era o Reverendo Richard Jiwe, um padre que descende de Tantu. Infelizmente o Reverendo foi assassinado pelo seu meio-irmão, o General Maksai, pois se recusou a entregar a peça.

Mari já havia perdido a mãe há alguns anos atrás e quando se viu sozinha decidiu ir morar nos Estados Unidos. Em Nova Iorque mudou de nome, virando uma modelo famosa e viajando pelo mundo.

Numa de suas viagens ela encontrou o totem roubando-o de seu tio e utilizou seus poderes para tornar-se Vixen.

Na mal falada Liga Detroit a premissa conta que houve uma invasão marciana e na tentativa de repelir tal acontecimento. O Satélite da Liga ficou totalmente destruído e os membros ficaram abatidos quanto ao que aconteceria no futuro da equipe.

Aquaman era o líder e decidiu que permaneceria apenas quem pudesse se dedicar em tempo integral (sem prejudicar sua identidade civil). Foi um desastre, pois vários membros saíram.

Ficando apenas: Caçador de Marte, Homem-Elástico, Zatanna. E a solução foi incluir os novatos Gládio, Vibro, Vixen e Cigana.

Seu QG era um armazém chamado de Bunker  e ficava na cidade de Detroit (dããã… que óbvio!). Este período não é bem vista pelos fãs, porque principalmente veio depois da famosa fase Satélite.

A intenção era renovar a equipe misturando heróis antigos com novos, porém não surtiu efeito. O maior erro foi que não tinha nenhum herói de peso pra chamar atenção (e milagre é que não dá pra fazer).

Essa Liga da Justiça sofreu uma catastrófica derrota feita pelo Professor Ivo, pois seus androides mataram os heróis Gládio e Vibro (durante Lendas).

Depois deste fatídico acontecimento a equipe foi dissolvida e Mari saiu da vida de heroísmo.

Vixen teve um namoro conturbado com o Tigre de Bronze (Ben Turner) quando participou da equipe do Esquadrão Suicida, mas saiu por não conseguir controlar sua agressividade animal.

A heroína ganhou relevância ao entrar numa disputa amorosa com a Mulher-Gavião pelo coração de John Stewart (a parte mais incrível é que elas se tornaram “quase” amigas).

Este fato inusitado é que chamou minha atenção, porque Shayera e Carter Hal são almas gêmeas (bom pelo menos nos gibis foi dito isso).

E sinceramente isto comprova que Liga da Justiça não é um desenho para crianças, porque foi feito para um público mais adulto (e também é claro pros fãs de carteirinha assinada dos personagens).

Na animação podemos ver política, mortes, intrigas, desavenças, muita pancadaria e relacionamentos. Tem até sexo, pois o Flash se deitou com a bruxa Tala quando trocou de cérebro com Luthor (foi uma sugestão, mas deu pra notar que ela não gostou da volta de LL).

Através do excelente trabalho de caracterização de Bruce Timm Vixen ficou extremamente linda, muito provocante e ganhou uma enorme considerável legião de fãs (eu sou um deles).

Confira na galeria abaixo algumas imagens da  Vixen

0 1 2 3 4 5 6.1 7 9 10 11 12 13 14 15 SONY DSC 17 18 19 20 21 22 23 26 27 28 29 30 31 32 33

19 jla-marcio takara

34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 bestnameever bruce timm dave hoover dc_ladies_by_andreatamme deberzer ed benes 1 ed benes 2 Garrett Blair justice-league-international Lady_Godiva liga-de-detroit-1984 MannyHernan Paran_Dul_vs_Vixen wallpaper 1 wallpaper Women_of_DC_by_AdamHughes

Deixe um comentário

Arquivado em Musas de Tinta

Wallpapers

alex ross 1

Heroes

Guarde em sua coleção alguns wallpapers tanto de heróis da DC Comics quanto da Marvel e outros que encontrei na web. Temos Capitão América, Batman, Thor, Homem-Aranha, Hulk, Liga da Justiça entre outros

0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 techmynd.com 19 20 alex ross 1 alex ross 2 batman-1 batman-2 Capitao-America fantastic_four Green-Arrow hulk 1 hulk jla john byrne justice league lja and avengers marvel heroes marvel_heroes marvel-superhero marvel-super-hero-squad spider-man-by-greg-horn spider-man-by-scott cohn thor thor-vs-loki wallpaper by caio cacau wallpaper by george pérez wallpaper-Ultimate_spiderman wolverine x-men x-men-jim lee

Deixe um comentário

Arquivado em Wallpapers.