Arquivo da tag: Os Illuminati

Musas de Tinta

z

Lara Croft

A musa mais famosa dos jogos de todos os tempos (virou referência de cultura pop). É uma arqueóloga aventureira de Tomb Raider e surgiu sem formas femininas muito sensuais em 1996, mas com a evolução da computação gráfica foi melhorando (a cada novo jogo lançado).

O designer Toby Gard imaginou-a inicialmente como um clone de Indiana Jones, mas logo isto foi descartado quando a  personagem não foi aceitada.

Então baseado no jogo Virtua Figther remodelou a personagem, porém seu nome era Laura Cruz, uma sul-americana. Somente na terceira concepção tivemos a inglesa Lara Croft e como curiosidade seu nome foi retirado de uma lista telefônica.

Lara sobreviveu a um acidente de avião, na Cordilheira do Himalaia, quando tinha 9 anos de idade e sua mãe foi dada como desaparecida. Ela resistiu a uma caminhada de 10 dias até Katmandu.

Lara Croft Mandy DeMonay é uma mulher cercada de luxo e riqueza, pois seu pai é Richard Croft Conde de Abbingdon. Quando ele faleceu Lara tinha apenas 18 anos de idade e herdou toda a fortuna do pai (tornando-se a Condessa de Abbingdon).

A arqueóloga é muito inteligente e viaja pelo mundo em busca de artefatos preciosos.  Como foi baseada em Indiana Jones é normal vê-la se aventurando em antigas tumbas e ruínas sempre envolta com armadilhas e quebra-cabeças.

Então Lara encontra diversos inimigos como: rivais, animais perigosos, criaturas lendárias, seres sobrenaturais e gangsters.

Lara Croft é mulher corajosa e independente, mas também muito teimosa. Ela foi treinada numa unidade militar demonstrando ter uma excepcional habilidade de luta.

Geralmente seu traje mais famoso é formado de blusa sem manga azul esverdeado, shorts marrons,  botas, meias brancas, luvas sem dedos, uma mochila pequena e um cinto utilitário com dois coldres (aonde ficam suas pistolas semi-automáticas). É uma roupa que aparece com algumas variações em praticamente todos os jogos.

Mais também podemos notar que existem outra roupas durante o jogo de acordo com o ambiente como: calça e jaqueta para um lugar frio e roupa de mergulho ou biquíni quando tiver que entrar na água.

Além de várias modelos cosplayers que fazem sucesso interpretando a personagem. A atriz Angelina Jolie nos presentou interpretando a arqueóloga em dois filmes.

Lara Croft: Tomb Raider – 2001

Na primeira aventura Lara ouve em sua mansão o som  de um relógio descobrindo que se encontra num compartimento secreto. O relógio é “O Olho que Tudo Vê”, que começou a funcionar sozinho no primeiro alinhamento dos planetas (que só repete a cada cinco mil anos).

O relógio funciona regressivamente sendo a chave para encontrar os dois pedaços do Triângulo da Luz, pois devido ao seu imenso poder foi escondido em duas partes distintas do mundo (uma no Camboja e a outra em Islândia).

Quem tiver os dois pedaços no momento do realinhamento terá poderes ilimitados. E Lara corre contra o tempo para evitar que a sociedade secreta, Os Illuminati tenham este poder que usarão para destruir o mundo.

O roteiro é bastante fraco e os efeitos especiais são razoáveis para época. E sinceramente apenas o que salva no filme é a presença de Angelina Jolie. Lembrando que o futuro James Bond, Daniel Craig, estava atuando aqui (como Alex West).

Lara Croft Tomb Raider: A Origem da Vida – 2003

Desta vez nossa heroína precisa encontrar a mítica caixa de pandora, que conta a lenda guarda todos os males do mundo. Ela está escondida num lugar chamado Origem da Vida, que fica no continente africano.

Nessa jornada ela terá que enfrentar o dr. Jonathan Reiss (Ciarán Hinds), um cientista que também está atrás do objeto (para vende-la como arma do juízo final).

Apesar de ter mais sequência de ação do que seu anterior. Infelizmente temos os mesmos erros também e a produção decepciona por causa disso. Se quiser assistir aos dois veja por sua conta e risco, pois não valem a perda de tempo.

Lara Croft merece uma adaptação que haja realmente de acordo com que os fãs fazem no jogo. Confira na galeria abaixo algumas imagens da bela aventureira.

E também relembre o primeiro Musas de Tinta da heroína aqui.

0 1.1 1.2 1.3 2.1 2 3 4 5 6 7 adam hughes angelina_by_pitoxlon calisto-lynn Carlos Rodriguez cedric poulat célio cardoso 1 célio-cardoso dave hoover Dominic_Marco ebas evolução-lara croft Guardian-Light joe_jusko joe-jusko kit kit_kit_kit 1 kit_kit_kit 2 lara croft 1996 Lara Croft, Witchblade and Aspen lara_croft___2013_by_decanandersen lara_croft_2013_by_jpaucroft lara_croft_2013_version_by_lara249 lara_render_12_by_pitoxlon lara_render_13_by_pitoxlon lara_render_15_by_pitoxlon lara_render_22_by_pitoxlon lara_render_23_by_pitoxlon lara_render_24_by_pitoxlon lara_render_c4d_by_milance941 lara_render-by_pitoxlon laracroft_legend_underworld lara-croft-1996 michael turner model_remake_by_lara249 modern_classic_by_lara249 nothing_exciting_by_xxximnotokayxxx photoshoot_02_by_lara249 thailand_beach_by_lara249 the_doppelganger_by_lpvictoria the_new_face_by_lara249 thony silas 1 thony silas 2 tomb raider tomb_raider____tibet_heavy_by_feareffectinferno wallpaper 0 wallpaper 1 wallpaper 2 wallpaper 3 wallpaper 4 wallpaper 5 wallpaper 6 wallpaper 7 wallpaper-lara croft-angelina jolie 1 wallpaper-lara croft-angelina jolie 2

Deixe um comentário

Arquivado em Musas de Tinta

Herói

3.1

Namor, O Príncipe Submarino

O herói foi impresso pela antiga editora Timely Comics (atualmente Marvel Comics).

Namor é um daqueles heróis que são jogados pra escanteio pela Marvel mesmo sendo um dos mais importantes ícones da história das HQs.

Um fato curioso é que Spock (Leonard Nimoy), de Star Trek se assemelha demais com o herói aquático. Suponho que o Vulcano tenha sido criado com base no herói, pois são muito parecidos.

Namor, foi criado por Bill Everett, surgiu no gibi Motion Picture Funnies, em 1939. Namor havia surgido para promover a sequência do seriado “Império Submarino”, mas esse tal seriado não saiu do papel.

Dizem as lendas que Namor foi publicado pela primeria vez aqui no Brasil na revista Gibi Mensal, em 1940.

Antes da Segunda Guerra Mundial, o navio explorador  “Oracle” viajava próximo ´pa Antárdica e acabou detonando algumas cargas explosivas no fundo do oceano. A intenção era abrir espaço pra que a embarcação pudesse passar em segurança.

Devido as influência de Paul Destino que não valia nada, a  Oracle procurava pelos resquícios de uma civilização antiga. Sem que soubessem os tripulantes estava destruindo com seus explosivos uma enorme cidade atlante.

Então, o rei Thakorr, mandou sua filha, Fen que comandasse um grupamento até a superfície pra saber o que estava acontecendo. Só que desacatando as ordens de seu pa, Fen foi sozinha. E utilizando uma poção que lhe permitia respirar na superfície subiu no navio.

A tripulação ficou toda embasbacada com sua beleza e para investigar a situação a princesa decidiu ficar (aprendendo os costumes dos seres da superfície). Sua intenção era impedir que novas detonações destruissem seu povo, mas acabou se apaixonado por  Leonard McKenzie, o capitão do navio.

Eles se casaram e pouco tempo depois, McKenzie descobriu a cidade perdida que estava procurando. Infelizmente, Destino sedento por poder achou uma relíquia maligna, o Capacete do Poder (e acidentalmente explodindo tudo).

McKenzie retorna pro navio somente pra ser gravemente ferido nos braços de sua amada, pois fora atacado por soldados do pai dela. Todos pensavam que havia sido raptada enquanto, Fen pensou que seu marido havia morrido.

Ela decide retornar pra cidade submarina que foi reconstruída e descobre tempos depois que estava grávida. Seu filho recebeu o nome de Namor que significa “filho vingador”, na linguagem atlante.

O Príncipe Submarino tem uma força fora do comum, é anfíbio e possui asas nos pés. Sua prima Namora é muito parecida com ele, pois também é fruto de uma relação entre espécies.

Em sua juventude, Namor quase não teve contato com os seres humanos que considerava serem ruins pelas atrocidades que faziam com o oceano. Durante a Segunda Guerra Mundial, alguns combates entre navios causaram muita destruição em Atlantis.

Seu avô lhe envia para se vingar e seu ataque é em Manhattan onde luta contra o Tocha Humana original (a clássica minissérie Marvels demonstra isso com maestria).

Então a bela Betty Dean, uma agente especial do exército é enviada para capturá-lo. Namor fica encantado pela coragem dela, logo tornam-se amigos e depois amantes.

O Príncipe Submarino descobre que os nazistas são seus verdadeiros inimigos e unindo-se ao Capitão América, Tocha e outros heróis formam Os Invasores para combater a ameaça de Hitler.

Após essas aventuras da Era de Ouro, Namor ficou no ostracismo sendo trazido de volta aos holofotes novamente graças a intervenção de Stan Lee e Jack Kirby.

É que, Namor foi reintroduzido na cronologia como um vilão combatendo os odiados seres da superfície (isso ocorreu durante as aventuras do Quarteto Fantástico na década de 60).

O Senhor dos Sete Mares já se apaixonou perdidamente pela linda Sue Richards, a Mulher Invisível do Quarteto Fantástico e encontramos várias imagens deles se beijando na web.

Não sei se em alguma Terra alternativa aconteceu algo, mas no Universo 616 que é o tradicional da Marvel Comics sei que nunca rolou algo mais caliente entre os dois.

O Príncipe Submarino também participou do grupo Os Defensores, uma equipe que inicialmente reunia: O Incrível Hulk e o Dr. Estranho. Na primeira aventura, Yandroth, um cientista e inimigo do Dr. Estranho preparou um dispositivo para destruir o mundo depois que morresse (ele havia obtido esse conhecimento numa outra dimensão).

Então todo estoque de armas nucleares do nosso planeta explodiria  assim que seu coração parasse de bater. Ao ficar conhecendo seu intento maligno, o Dr. Estranho pediu ajuda ao Namor e ao Hulk para que o auxiliassem nesta missão.

Devido a união dels o plano nefasto foi desfeito e devido a isso sempre que o mundo necessitasse, Os Defensores iriam protege-lo.

Depois ingressaram no grupo a belíssima Valquíria, o Surfista Prateado, Gavião Noturno entre vários outros.

Atualmente sei apenas que participa do grupo Os Illuminati (os outros integrantes são o Doutor Estranho, Senhor Fantástico, Professor Xavier, Homem de Ferro e Raio Negro) que foram responsáveis pela expulsão do Hulk da Terra.

E quando o Grandão voltou estava verde de raiva na saga Hulk Contra o Mundo   (sei que foi um trocadilho infame mais é verdade).

Namor já foi casado com Marrina, mas também teve outros relacionamentos como: Lady Dorma, Betty Dean, Carrie Alexander, Namora entre outras.

Seus principais inimigos são: Attuma, Conde Naga, Doutor Dorcas, Princesa Llyra e Tubarão Tigre.

Quanto a série animada lembro que antigamente havia um “desenho desanimado” sobre o regente de AtlantisThor, Homem de Ferro, Capitão América e Hulk também tinham seus respectivos desenhos.

Esta série tinha a incrível forma de imagens estáticas que “parecem” ter movimento, porque foram extraídas diretamente das HQs. Havia também  várias onomatopeias tipo: Pow, Soc, Bang e Crash!

Bom, eu achava o máximo quando assistia e ainda continuo achando nostálgico só por causa do trabalho que tiveram para fazer aquilo. Claro que o orçamento usado não deve ter sido lá aquelas coisas ,mas eu duvido que hoje em dia não seja artigo de colecionador (eu gostaria de ter todos, é claro!).

Além de sua própria série animada que foi televisionada nos Estados Unidos lá nos anos 60 (e no Brasil na década de 80). Namor teve participação especial no desenho do Quarteto Fantástico em 2006.

O que eu gosto no herói é sua personalidade forte e intempestuosa. Namor geralmente é muito arrogante, mas sempre tenta proteger seus súditos dos prolbelmas causados pelos seres da superfície.

Confira na galeria abaixo algumas imagens do Namor que garimpei na web

z

0.1namor 1 1 2.1 2.2 2 3.2 3 4 5.1

5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15

lady-dormainvisible_woman

16 17 18 19 20

bruce timm 1 bruce timm 2

BT010

21 23 24 25 26 27 28 29 Alan Davis Alex Ross 1  Alex Ross illuminatis michael turner

Alex Ross 3

Namor vs Aquaman wallpaper

Deixe um comentário

Arquivado em Herói.