Arquivo da tag: vida

Herói

z

John Stewart

Surgiu como um Lanterna Verde reserva para Hal Jordan (durante os anos 70). John ganhou o posto, porque Guy Gardner – o substituto oficial – estava ferido após salvar um grupo de crianças durante um terremoto.

John foi treinado por Jordan e decidiu não usar máscara, pois não tinha nada a esconder (assumir seu papel de herói com cara limpa foi uma ideia inteligente). Sua primeira missão foi proteger um senador corrupto e racista que estava envolvido num crime forjado para incriminar ativistas negros.

John não só solucionou o crime, mas também protegeu o senador (sendo aprovado para entrar na Tropa).

Antes do envolvimento com a Mulher-Gavião (algo que nunca houve nos gibis) e com Vixen relacionamentos que aconteceram no desenho da Liga. Enquanto nos quadrinhos John foi casado com Katma Tui e se não me falha a memória ela foi assassinada pela Safira Estrela.

Na série animada podemos notar que Katma e John tiveram um affair (ela também foi  sua professora de treinamento na Tropa).

No episódio,  “A Noite mais Densa”, John é levado para o planeta Ajuris-5 para ser julgado por ter destruído o planeta Ajuris-4. A história inicia com o herói andando por seu antigo bairro, lembrando Shaft, e logo surgem os Caçadores Cósmicos (robôs que os anões azuis criaram antes da Tropa para vigiar a galáxia).

Lembrando que em Lanterna Verde: Primeiro Voo eles estavam de conluio com Kanjar Ro (um antigo vilão da LJA) numa versão similar com os quadrinhos, pois os Caçadores Cósmicos também queriam vingança contra seus antigos mestres.

A série animada da Liga trouxe John Stewart como Lanterna Verde ao invés de Hal Jordan, pra dizer a verdade até estranhei, mas depois me acostumei com sua atuação. Já estava na hora de darem uma chance pro cara, pois nunca foi o preferido entre os fãs.

Pra mim ficou bem melhor do que colocar Kyle Rayner (ele é chato pra caramba).

Não sei se alguém notou mais estão sempre arranjando uma forma de lançar um novo Lanterna Verde da Terra. O original foi Alan Scott (anos 40), depois renovaram com Hal Jordan (anos 60), John Stewart com o movimento black power (anos 70), Guy Gardner nosso querido cabeça de cuia ascendeu nos anos 80 (este já existia antes), o desenhista Kyle Rayner ganhou destaque nos 90 e recentemente temos um árabe que nem sei qual é o nome.

Voltando, com o status quo renovado, pois no inicio Stewart era apenas um arquiteto. Durante a animação seu perfil foi mudado para ex-mariner, mas com o sucesso merecido atualizaram para ex-mariner formado em arquitetura (atuando também na LJA dos gibis durante aquele período).

Confesso que John Stewart nunca havia sido um dos meus LV preferidos, pois Alan Scott, Jordan e Gardner encabeçavam minha lista, mas suas atitudes estratégicas e sua forma coerente de pensar demonstradas no desenho fizeram mudar minha opinião. Ainda mais que ficou com duas mulheres exuberantes  a linda Shayera Hall e a provocante Vixen .

Não poderia deixar de comentar que minha raiva com John começou na HQ, Odisséia Cósmica, aonde temos a destruição do planeta Xanshi devido sua arrogância ao confiar demais no anel.

Ajax chama-o de idiota mais estava certo, porém o fato reverberou por anos na vida do herói. Em Melhores do Mundo n° 11, com roteiro de Ron Marz e arte de Darryl Banks, temos a história Vingança.

Nela Fatalidade diz ser a última sobrevivente de Xanshi e como o título diz em sua vingança atacava e por consequência matava qualquer LV que encontrasse em seu caminho. Nesse período John estava numa cadeira de rodas, mas Hal o curou quando ainda se autodenominava Parallax.

Kyle Rayner segue Fatalidade indo parar num planeta distante e com seu anel descarregado  luta instintivamente por sua vida. Esta história serviu apenas para consolidar Rayner como LV e também fazer Stewart retornar pra vida.

Confira na galeria abaixo algumas imagens de John Stewart e alguns Lanternas

0 1 2 3 4 5 6 08 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 green_lantern_john_stewart_by_patokaliandy-kubert GuyGardner Hal_Jordan_and_John_Stewart_Young_Justice katma-tui kilowog_by_rennee kyle-rayner Lanternas_Verdes_por_Ethan_Van_Sciver salaak Tomar-Re wallpaper 1 wallpaper 2 wallpaper 3 wallpaper 4

Deixe um comentário

Arquivado em Herói.

Super Séries

a-ilha-da-fantasia

A Ilha da Fantasia

A série foi produzida por Aaron Speling e Leonard Goldberg durando de 1978 a 1984 (num total de 157 episódios).

E nela temos o misterioso Sr. Roarke (Ricardo Montalban) que tinha o incrível poder de fazer nossos sonhos tornarem-se realidade.

Eu gostaria de passar minhas férias num lugar como este, mas sinceramente se eu fosse nunca mais pensaria em voltar.

Seu auxiliar era o pequeno Tattoo (Hervé Vilechaize) lembro que sempre ficava tocando um sino e gritando: “Olha o avião! Olha o avião…”.

Então o Sr. Roarke aparecia no cais para saudar os convidados depois explicava pro Tattoo como seria a fantasia de cada hóspede. Para descansar na ilha uma pessoa deveria desembolsar a quantia irrisória de apenas 50 mil dólares (eu consigo fácil-fácil esta grana).

A parte interessante é que em cada episódio tínhamos duas histórias acontecendo e normalmente os desejos sempre terminavam de uma forma diferente do que a pessoa imaginava (tirando uma lição de vida pra quando fossem embora).

Nunca foi explicado porque o Sr. Roarke tinha o poder de  fazer sonho virar realidade, mas a série conseguia me fazer viajar naqueles momentos (uma vez até sonhei que estava na ilha).

O ator Ricardo Montalban  interpretou outro personagem que tornou-se mito pros trekkers, o vilão Khan de Star Trek, série clássica. Benedict Cumberbatch caracterizou Khan de uma maneira tão singular que não consegui ver nele um vilão (apenas o aspecto humano de como eu enfrentaria aquela situação).

E Hervé Vilechaize deu muito trabalho pra James Bond, pois fez Nick Nack como auxiliar do Francisco Scaramanga, em 007 contra O Homem da Pistola de Ouro (o baixinho é muito nojento neste filme).

Muitos episódios tiveram a presença de atores conhecidos como Dick York e Dick Sargent, ambos fizeram James, marido de Samantha em A Feiticeira. E também Roddy McDowell, Sammy Davis Jr., Julie Newmar, Adam West entre vários outros.

A atriz Wendy Schaal interpretava Julie, a afilhada do Sr. Roarke e Lawrence (Christopher Hewett) que substituiu Tattoo na última temporada.

Uma história trágica e triste acompanhou a vida de nosso querido Tattoo, pois devido aos fato de seus órgãos internos crescerem igual ao de uma pessoal normal ( causando-lhe muitas dores). Infelizmente não aguentando mais o sofrimento Hervé Vilechaise se suicidou em 1993, mas antes escreveu um bilhete e gravou uma fita exibindo uma mensagem de despedida (o ator deixará saudade).

A Ilha da Fantasia foi exibida pela Rede Globo na década de 80 durante a noite.  E algum tempo depois a Rede Manchete reexibiu a série de madrugada.

Deixe um comentário

Arquivado em Super Séries

Imagens

ninja-jiraya

Jiraya, o Incrível Ninja

O nome original é Sekai Ninja Sen Jiraiya que na tradução fica Guerra Mundial Ninja – Jiraiya.  Jiraya é um tokusatsu que pertence ao subgênero Metal Hero, ao qual também consta Jiban, Jaspion entre vários outros.

Produzido pela Toey Company foi veiculado pela TV Asahi, em 1988. Aqui em nossa terrinha Jiraya foi visto pela saudosa Rede Manchete, em 1989.

Na trama os Yamashi (no original é Yamaji) é uma família de ninjas descendentes dos Togakure, um antigo clãs ninja cuja missão é proteger uma importante tabuleta. É a metade de um mapa que guarda a localização de Pako, um lendário tesouro (enviado a Terra por alienígenas).

A  outra metade está em posse de Dokusai, líder da Família de Feiticeiros. Nosso herói Toha (Takumi Tsutsui) foi adotado pela família Yamaji, Tetsuzan o criou como filho treinado nas artes do ninjutsu sendo escolhido pra usar a armadura de Jiraya.

Lembro que eu adorava o bordão: “Sucessor de Togakure, Jiraya!” e também havia outros como “Espada Olímpica” e “Armadura Olímpica” que foram inventados pela tradução brasileira.

Tetsuzan Yamaji (Masaaki Hatsumi) é o representante da 34ª geração da família dos Togakure. Além de mentor do herói o criou desde que seus pais morreram. Só por curiosidade na vida real o ator é um ninja de verdade e também trabalhou na carreira de médico.

Kei Yamaji (Megumi Sekiguti) é a irmã adotiva do herói tinha uma vida normal, porém depois transforma-se na ninja Himenin Emiha (auxiliando-o em diversas missões).

O mais novo do clã é o moleque Manabu Yamaji (Takumi Hashimoto) que vive sempre aprontando, mas demonstra ser bastante corajoso.

Nosso herói também tinha alguns aliados como: Kinin Reiha, Yanin Spiker, Henry Rakuchin e Dr. Smith.

A parte interessante é que alguns inimigos passaram a auxiliar Toha como: Barão Owl, Kazenin Storm, Kaminin Oruha, Homem Míssil, Igyōnin Beni Lagarto e Wild Raining (entre outros mais).

Durante os episódios, Toha enfrenta diversos ninjas enviados por Dokussai e do Império dos Ninjas composto pelos melhores lutadores do mundo.

A família do vilão Dokusai é composta por: Chounin Benikiba, sua filha e Hoshinin Retsuga, seu filho adotivo. Ainda temos Hoshinin Dell-Star, Unidade de Ninjas Especiais, feiticeira Morgana entre outros.

Dizem as lendas que Jiraya não fez muito sucesso em seu país de origem, mas aqui foi uma febre entre a molecada.

Tanto que virou gibi lançado pela Editora Abril e teve dois discos com versões originais e adaptadas.

Jiraya o Incrível Ninja teve no total 50 episódios e terminando em 1989.

Relembre nesta galeria alguns heróis do tokusatsu  que animaram a vida de algumas gerações e ficaram eternamente guardadas na nossa memória.

Veja nas imagens abaixo outros heróis nipônicos: Changeman, Ultraman Jack, Spectreman, Lion Man entre vários outros heróis inesquecíveis

Black_BioRider_RobôRider_RX black-jaguar buba-changeman changeman change-robo cybercops daileon dominantes dr-gori-caras flashman goggle_five jaspion jiban jiraya joe-tiger kamen_rider_1_2 kamen_rider_black kamen-rider kamen-rider-1971 lion-man macGaren machine man maskman metalder national-kid Neroz-metalder Patrine PrincessShiima robô gigante satan-goss shaider-and-annie sharivan 0 sharivan solbrain spectreman 0 spectreman 1 super-human- samurai-gridman Ultraman ultraman-jack ultraman-tiga ultra-seven vingadores do espaço vr-troopers wallpaper-changeman wallpaper-flash-king wallpaper-goggle five wallpaper-jaspion-and-daileon wallpaper-jiraya wallpaper-lion-man wallpaper-spectreman 1 wallpaper-spectreman 2 wallpaper-Ultraman wallpaper-UltraSeven winspector

Deixe um comentário

Arquivado em Imagens.

Artista

catwoman

Ganassa

Alessandro Mazzetti trabalha com o nick de Ganassa é considerado um dos principais artistas eróticos da atualidade.

A maior característica de seu estilo é misturar sexo com aventura, amor e vida abordando aspectos fundamentais da vida do ser humano.

Alguns de seus trabalhos podem ser vistos ao longo de 36 edições de X Comics (revista erótica italiana).

Confira a arte sensual de Ganassa no Deviantart e também na galeria abaixo

0 1 2 3 4 5 ashe avengers__black_widow avengers__maria_hill Beach_Party beyond_good_and_evil___jade Bikini_Jessie blaze___speed_contest_03 catwoman celeste_d__helion demon_hunter_elf don__t_mess_with_sergent_anastasiya dr__shoko_sugimoto far_cry_3_citra fiora fitted_medaka_kurokami Hinata_Shippuuden Hope hope_for_store jade_x_cyber_subzero_friendship karui-equipe-samui killer_instict_orchid league_of_legends___diana league_of_legends___femzreal league_of_legends___karma league_of_legends___leblanc_by_ganassa-d5mfgz2 league_of_legends___lissandra league_of_legends___quinn league_of_legends___syndra league_of_legends___vi league_of_legends__ahri league_of_legends__ashe league_of_legends__caitlyn league_of_legends__eve league_of_legends__irelia league_of_legends__janna league_of_legends__katarina league_of_legends__kayle league_of_legends__leona league_of_legends__lux league_of_legends__morgana league_of_legends__nidalee league_of_legends__orianna league_of_legends__riven league_of_legends__shyvana league_of_legends__sivir league_of_legends__sona league_of_legends__vayne league_of_legends_miss_fortune 1 league_of_legends_miss_fortune league-of-legends-akali lollipop_chainsaw___juliet_starling mari_makinami mey_mey___swimsuit miss_fortune_lingerie molotov_cocktease nami nidalee_lingerie noel_vermillion poison rainey sakura-and-tifa sawyer__the_cleaner sejuani__the_winter's_wrath sergeant_tamora_jean_calhoun she_hulk she_hulk_shower skylar_rune_almese summer_c_18 vanessa_lewis___virtua_fighter vi___meme_textless_version yoruichi_shihoin

Deixe um comentário

Arquivado em Artista

Crítica

As Aventuras de Pi

As Aventuras de Pi

Acredite no extraordinário é uma definição bastante fiel ao que vemos neste longa.

Primeiro gostaria de salientar que Ang Lee sabe muito bem contar uma história e segundo tem uma maneira ímpar e peculiar de nos conduzir para dentro desta história.

O Hulk, com Eric Bana mostrou ser uma sagaz demonstração psicológica da tragédia grega que é a vida de Bruce Banner. Sendo uma perfeita tradução das páginas de uma HQ para a telona.

E então tivemos O Tigre e o Dragão com cenas de luta de tirar o fôlego. Algumas pessoas estranharam os lutadores subirem por muros altíssimos ou praticamente poderem voar cada vez que saltavam, mas pra mim aquilo não era nenhuma novidade.

Eu já estava acostumado a ver O Templo de Shaolin, Bruce Lee (que aliás eu gosto demais) e outros filmes de artes marciais, principalmente, do Jet Li que interpretava Wong Fei-hung em mirabolantes cenas de luta.

Bom, desta vez o enredo começa na Índia um país com  belas tradições religiosas repletos de deuses tipo Shiva, Brahma, Ganesh, Mahadevi e Vishnu (alguém aí se lembrou de Shurato?), pois as principais e tradicionais divindades antigas deste país também aparecem neste antigo anime.

Acho que eu como todo mundo  ao saber de Pi (3.14) pensou na letra grega que têm um valor imenso em matemática, mas este nome significativo e inusitado é relativo a Piscine Molitor Patel uma piscina de verdade na França e isto é muito surreal.

O nome original do filme é Life of Pi e aqui no Brasil ficou como As Aventuras de Pi logo qualquer pessoa pensaria em se tratar de um longa de aventura infantil, mas na verdade não é nada disso.

Desta vez temos um Piscine adulto contando a história de sua vida para um escritor sem inspiração. E quem não gosta de ouvir uma boa história?

Somos introduzidos a vida familiar de Piscine Patel desde seu nascimento, sua ida a escola aonde ganhou o apelido chatíssimo e sua busca por Deus em diferentes tipos de religião.

Esse aspecto do personagem me pareceu uma crítica para as pessoas que acham que só a sua religião é a verdadeira.

Vendo por este prisma mostrado no filme todas são um caminho para chegarmos até Deus basta estar em paz consigo mesmo.

Vemos o aspecto emocional de Pi após o naufrágio quando fica sozinho á deriva com a zebra, uma hiena, o orangotango e um tigre de bengala. E por mais estranho que possa parecer o tigre chama-se Richard Parker.

Infelizmente é nestes animais que Pi expõe seus sentimentos enraizados quanto a sua família perdida de maneira trágica e isto soa tão profundamente dentro de nós que me surpreendeu.

A parte mais interessante em As Aventuras foi que aqueles animais não estavam ali de verdade. Eles fazem parte da imaginação de Patel, mas a forma gradual em que Pi e Richard Parker tinham que conviver perdidos em alto mar foi memorável.

A interpretação de Suraj Sharma é tão magnífica, pois tudo que vemos na tela não existe. Então podemos notar o trabalho árduo que deu em contracenar mostrando coisas que não estavam lá.

As Aventuras de Pi não é apenas um filme emocionante, pois vai além recheado com cenas belíssimas parecendo quadros de arte ou simplesmente demonstrando poesia em movimento.

São imagens que para captar por palavras não conseguiria encontrar similar que fosse digno da grandiosidade exibida na tela.  Algo que toca no âmago de nossa alma marcando-a indefinidamente para sempre.

Deixe um comentário

Arquivado em Crítica

Wallpapers

Superman

É o primeiro de todos os super-heróis, pois após o seu surgimento começou uma Era de Ouro aonde hoje temos milhares de heróis ao redor do mundo.

Significativamente, Superman é aquele que nos inspira a nos tornar melhores diante dos problemas que encontramos durante a nossa vida. É este exemplo que tiro pra mim e tento a todo custo levar a diante.

Nascido num planeta moribundo seus pais num sacrifício supremo o colocam numa espaçonave para viajar rumo a um planeta tecnologicamente atrasado.

O que poderia ser basicamente o fim foi o início de tudo para o pequeno Kal-El, pois seu foguete ao cair no meio do Kansas é encontrado pelo simpático casal Kent.

O menino, Clark Kent cresce recebendo uma educação simples, porém repleta dos conceitos mais claros de respeito, amizade e compaixão.

Sob os raios do sol amarelo seu corpo desenvolve-se como uma bateria acarretando grandes poderes ao longo dos anos.

Apesar de ser capaz dos feitos mais incríveis podendo assim dominar e subjugar a humanidade.

Justamente por ter nascido alienígena  Kal servindo de exemplo luta por um mundo mais justo pra todos nós.

Confira na galeria abaixo a evolução do Homem do Amanhã nestes impressionantes wallpapers que encontrei na web

2 Comentários

Arquivado em Wallpapers.