Arquivo do mês: abril 2013

Batman: Através dos Tempos

Batman-Robin-Scooby-Doo

The New Scooby- Doo Movies – Hanna-Barbera, 1972

Foi a segunda encarnação da série de desenhos animados com o Scooby-Doo, exibida no programa da Hanna-Barbera  que ia ao ar nos sábados de manhã na TV americana. O anterior era Scooby-Doo, Cadê Você?. O desenho estreou em 9 de setembro de 1972  e continuou durante duas temporadas, exibido pela Rede CBS. Vinte e quatro episódios foram produzidos no total (dezesseis em 1972, e mais oito em 1973). No Brasil, a série foi reexibida pelo SBT em 2010.

Além dos personagens da turma do Scooby-Doo, em cada um dos episódios desta série aparecia convidados especiais, celebridades da TV ou do Cinema e os quais ajudavam a resolver o mistério da semana. Alguns destes convidados eram dublados por eles mesmos (Don Knotts, Jonathan Winters, Sandy Duncan, Tim Conway e a dupla Sonny & Cher, entre outros).

Outros que já haviam falecido ou estavam indisponíveis, tiveram a dublagem feita através de imitações das vozes originais (Os Três Patetas e O Gordo e o Magro). Muitos dos convidados eram futuras personagens de desenhos a serem produzidos pela dupla Hanna-Barbera: Batman e Robin (Superamigos), Harlem Globetrotters, Josie e as Gatinhas, Jeannie, Speedy Buggy e A Família Addams.

A Dupla Dinâmica apareceu no episódio The Caped Cruzader Caper em 1972 e em outro chamado The Dynamic Scooby-Doo Affair. 

Fonte: Wikipédia e Batman Magazine.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Batman: Através dos Tempos

Crítica

battleship

Battleship – Batalha dos Mares

Demorou mais consegui ver este filme e infelizmente eis uma prova de que não devemos confiar apenas no trailer que vemos.

Logo de início somos apresentados ao rebelde  Alex Hoper (Taylor Kitsh de Speed Racer: O Filme) como um fanfarrão afoito a responsabilidades ou seja o herói que não se descobriu ainda (já tínhamos visto este tipo de atitude em Star Trek, não é?)

É interessante notar que os jogos olímpicos navais tem o nome de Rimpac aonde todas as confederações mundiais competem. É um torneio acirrado ficando evidente uma rixa entre o Japão e os Estados Unidos.

Foi bom notar que Rihanna além de cantar consegue atuar muito bem sua personagem (Sargento Raikes) foi uma surpresa pra mim e uma das melhores do filme. Gostei também do excelente ator  Liam Nelson e seu almirante Shane que ficou na medida certa.

Há algum tempo a humanidade principalmente os cientistas sempre fizeram a pergunta será que nós seres humanos estamos sozinhos no universo ?

Eu particularmente acredito que não, pois há várias galáxias lá fora no espaço e creio que haja não só apenas um planeta mais vários com condições similares ao nosso ou seja propenso a existir vida.

Os livros, a TV e os filmes de ficção sempre exploraram o filão de vida extraterrestre sendo em sua maioria seres bonzinhos que desejam nos ajudar  ou serem ajudados por nós (caso do clássico E.T. de Steven Spielberg) ou mais sinistro como na série  V- Visitantes  na qual demonstravam serem uma coisa que não eram.

Até mesmo em nossos queridos gibis os kriptonianos são vistos como uma raça conquistadora e somente Kal-El por ter crescido aqui na Terra teve um pensamento diferente do normal em seus iguais.

Bom, neste longa a raça alienígena “The Regent” deseja telefonar pra casa (“ET telefone minha casa!”) e se conseguirem nós estaríamos fadados a ser uma raça extinta. O filme te engana começando lento e aos poucos vai assumindo proporções catastróficas.

Battleship deixa em aberto uma verdade assustadora, pois se uma raça alienígena bélica viesse realmente tomar conta de nosso Planeta Azul todos os nossos esforços seriam em vão. Uma tecnologia avançada num nível que nós não conhecemos seria catastrófico para a raça humana.

É bom que estes tipos de histórias continuem apenas no campo de ficção. A trilha sonora é repleta de rock n’ roll ainda mais quando o grande encouraçado Missouri volta a ação.

Trazendo a velha guarda da Marinha junto consigo é aonde temos uma prova de que as pessoas na terceira idade ainda são capazes de fazer muita coisa importante.  Também é a parte onde as cenas mais improváveis acontecem e mesmo assim não deixam de serem boas.

Sinceramente quando vi o trailer pensei que o filme seria bem melhor, mas ficou parecendo algo do tipo Sessão da Tarde. Destes que estão passando atualmente fraco, chato e sem graça nenhuma.

Há tanto lugar comum que acho que só os fãs do jogo podem realmente gostar deste filme. A única pergunta que Battleship me fez pensar é o que aconteceria se a humanidade encontrasse realmente com uma raça alienígena?

Deixe um comentário

Arquivado em Crítica

Imagens

tinalouisec 0

Musas Digitais

Quando viajo  pelo Deviantart geralmente para pesquisar sobre algum personagem acabo encontrando muitos trabalhos de artistas conceituados e vários aspirantes também.

As vezes há alguns desenhos toscos que não sei porque teimam em mostrar algo ruim e de baixa qualidade.

Mais não é raro nos depararmos com Art Digital com uma extrema competência  aonde podemos contemplar mundos de fantasia conhecidos ou totalmente novos.

Esta primeira pin-up acima  é baseada nas feições da linda atriz Jessica Alba e fico sem palavras para elogiar este magnífico trabalho gráfico. 

É muito difícil saber  qual o nome verdadeiro de cada artista, pois em sua grande maioria trabalham com pseudônimos, porém apreciem com moderação esta galeria com  algumas obras impressionantes em CGI que consegui garimpar.

z

0 1 2 3 angellella cyanthree 1 cyanthree 2 cyanthree 3 dark_fireflies exgemini 0 ExGemini 2 ExGemini 3 exgemini 4 exgemini 5 exgemini 6 ExGemini 7 kaleya larsmidnatt 1 larsmidnatt 2 miyulin rozbeans rurinokodoku shotgung0d 0 shotgung0d 1 shotgung0d 2 shotgung0d 3 shotgung0d 4 shotgung0d 5 shotgung0d 6 shotgung0d 7 shotgung0d 8 shotgung0d 9 shotgung0d 10 shotgung0d 11 shotgung0d 12 shotgung0d 13 shotgung0d 14 tallameia 1 tinalouisec 1 tinalouisec 2 tinalouisec 3 tlcdigitalart 2 tlcdigitalart uroboros 0 uroboros 1.1 uroboros 1 uroboros 2 uroboros 3 uroboros 4 uroboros 5 uroboros 6 uroboros 7 uroboros 8 uroboros 9 uroboros 10 uroboros 11 uroboros 12 uroboros 13 uroboros 14 uroboros 15 uroboros 16 uroboros 17 uroboros 18 uroboros 19

Deixe um comentário

Arquivado em Imagens.

Wallpapers

z

Marvel Girls

Guarde no seu computador algumas das mais belas gatas da Casa de Ideias que consegui encontrar na web.

Na galeria abaixo temos wallpapers da: Elektra, Emma Frost, Gata Negra, Jean Grey, Mary Jane, Sonja entre diversas outras

 elektra 1 Elektra 2

Black Widow Ms. Marvel and Wasp

Emma Emma_Frost 1 Emma-Frost 2 Encantor firestar gata negra 0 gata negra 1 gata negra 2 gata negra 3 Gwen and MJ Gwen Stacy j. scott campbell jean and emma 2 jean and emma jean grey jean kitty marvel girls 2 Marvel Girls Mary-Jane ms marvel Punisher girl rachel summers 1 rachel summers 2 red sonja1 red sonja2 red sonja3 red sonja4 red sonja5 red sonja6 red sonja7 Rogue Sage scarlet scarlett1 scarlett2 Shanna she-hulk she-hulk1 she-hulk3 shunya yamashita spider woman 1 spider woman 2 spider woman 3 spider woman 4 Spider-Girl sue storm 1 sue storm 2 sue storm 3 wallpaper  1 Wallpaper 2 wallpaper 3 wallpaper 4 wasp wasp2 women -marvel-comics women Women_of_Marvel women2 women3 X-23 X-232 X-women 1 X-Women1 X-Women2 X-Women3

 

Deixe um comentário

Arquivado em Wallpapers.

Artista

z

Joe Jusko

É um mestre naquilo que faz, pois sua arte demonstra um realismo fantástico ao contemplarmos seu trabalho. Esta bela pin-up da Mulher Maravilha acima é um bom exemplo disso.

Joe Jusko já teve o grande prazer de trabalhar em todas as editoras conhecidas: Marvel, DC, Malibu, Crusade, Wildstorm, Top Cow, Harris entre outras. Suas ilustrações mais famosas se encontram nas capas de Conan e Tarzan.

Mais podemos encontrar suas características marcantes e detalhadas em diversos outros heróis, heroínas e monstros.

Podemos perceber que cada cena de suas ilustrações  revelam algo fascinante para nós apreciarmos.

Confira na excelente  galeria abaixo sobre o que estou falando

0 1.1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 Birds of Prey Black Cat capitão conan Conan_Belit Death Disc O' Inferno Elvira Mistress of the Dark Freddy Generation-X Jango Fett Kolchak, The Night Stalker Lady-Killer lara 1 Lara 2 lara 3 leia Luke Cage Oz - Wonderland tarzan wallapaper 1 wallpaper 2 wallpaper 3 wallpaper 4

Deixe um comentário

Arquivado em Artista

Cosplay Girl

enji_night

Supergirl

A Última Filha de Krypton é na verdade mais velha que seu primo, pois ela ainda o viu quando era bebê. Mais o foguete que trouxe a adolescente para a Terra manteve ela em animação suspensa.

E ao chegar aqui os papéis se inverteram, porque Kal-El tornou-se nesse meio tempo um adulto (deixando-a muito confusa).

Geralmente retratam a Supergirl  como uma menina que precisa encontrar seu lugar num mundo aonde não conhece nada, pois são  costumes diferentes, uma nova língua e novas pessoas. Mais aos poucos Kara consegue aprender, se adaptar e vamos acompanhado esta sua caminhada numa tentativa de obter uma vida normal.

Infelizmente esta fórmula já foi utilizada dezenas de vezes e eu não entendo porque não conseguem fazer um rumo melhor e diferente para ela.

Podemos notar que ao longo das décadas a heroína teve várias versões umas interessantes enquanto outras foram uma verdadeira porcaria. Eu torço para que desta vez tenhamos algo digno da Moça de A

Confira na galeria algumas modelos cosplayers que homenageiam nossa heroína.

enji night2

Enji Night 2enji night 4

Enji Night 1enji night 0

enji night

z

0 1.1 1 2 3 4 5 6.1 6 7 8 9 10 11 12 13.1 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 alisa kiss 1 alisa kiss 2 alisa kiss beautiful00 beautiful01 beautiful1 beautiful2 beautiful3 beautiful4 beautiful5 beautiful6 beautiful8 beautiful10 beautiful11 beautiful12 beautiful13 beautiful14 beautiful15 beautiful16 beautiful17 beautiful18 beautiful19 jessica nigri 1 jessica nigri 2 MCayla2 MCayla3 MCayla4 MCayla5 MCayla6 MCayla7 MCayla8 nadya sonika 2 nadya sonika 3 nadya sonika 4 nadya sonika sexy supergirl 1 sexy supergirl 2 supergirl and batwoman supergirl and green lantern supergirl and ms. marvel supergirl and wonder woman 1 supergirl and wonder woman 2 Usagi Tsukino 1 usagi tsukino 2

Deixe um comentário

Arquivado em cosplay girl

Musas de Tinta

4.3

Supergirl

Foi criada para ser simplesmente uma versão feminina do kriptoniano, mas acabou ganhando o coração dos leitores e tornou-se uma das personagens femininas mais importantes da Distinta Concorrente.

Na história original surgiu como um totem místico que ganhava vida por intermédio de Jimmy Olsen e morreu salvando o Homem de Aço de um meteoro de kriptonita.

Logo depois houve a versão oficial aonde foi recriada por Otto Binder e Al Plastino sendo uma das poucas sobreviventes da destruição de Krypton. A cidade Argo City consegui sobreviver a hecatombe sendo protegida por uma  redoma, mas houve uma chuva de meteoros que estava destruindo tudo. E como não havia jeito Zor-El e Allura (pai e mãe) a enviaram para a Terra como Jor-El havia feito antes.

A Supergirl deste período mora num orfanato em Midvale adotando o nome de Linda Lee e disfarçada com uma peruca morena e de tranças. Algum tempo depois é adotada pelo casal Danvers. Passando a ser conhecida como Linda Lee Danvers.

É famoso seu namoro com Brainiac 5 da Legião dos Super-Heróis, mas em versões alternativas já se casou com o Superman.

Durante a década de 80 a heroína era conhecida como Super-Moça e pra mim foi um choque enorme quando a heroína morreu durante a Crise nas Infinitas Terras para salvar seu primo Kal-El de ser morto pelo Anti-Monitor. Foi uma cena marcante que ainda roda pela internet o Superman segurando o corpo desfalecido de sua prima e em seu rosto vemos toda sua dor.

Uma coisa que eu não sabia é que há várias versões da Moça de Aço e a DC costuma nomeá-las com: I, II, III  para cada uma delas. Por exemplo Supergirl I, Supergirl II e assim por diante. E isto acontece com vários outros heróis da editora.

“Supergirl Os Últimos Dias” é uma HQ que conta com a arte do brasileiro Ed Benes e roteiro de Peter David que retrata as variadas versões da Garota de Aço desde a original até a daquele tempo aonde temos uma equipe formada por várias Supergirls de Terras diferentes.

Como curiosidade tanto o Superman quanto o Superboy também têm equipes como esta. Suponho que seja algo que existia durante a Era de Prata da DC Comics.

Só pra constar ainda temos nesta edição uma participação do Espectro que naquela época era o Hal Jordan. É uma viajem interessante pela mitologia da heroína e pelo confuso período que atravessou naquele momento.

Quando John Byrne assumiu as revistas do Homem de Aço no período Pós- Crise tanto o Superboy quanto a Moça de Aço deixaram de existir. Mais o artista ressuscitou a Super Moça na revista Super Powers n° 17 num universo compacto: “Vidas Paralelas se encontram no Infinito” aonde Lana Lang é recriada e vira uma transmorfa de protomatéria a Supergirl/Matriz.

Esta edição é mais lembrada por causa do efeito que causou na mente do Homem de Aço que virou Júri, Juiz e Executor, pois infelizmente teve que matar três criminosos kriptonianos. Eles friamente  exterminaram 5 bilhões de seres humanos somente para destruí-lo. Sobrando somente a Supergirl este acontecimento perturbou nosso herói por um longo tempo.

Logo depois a Supergirl/Matriz veio para a nossa Terra. E durante esta época acabou sendo manipulada por um clone cabeludo do Lex Luthor mais absurdo que isso ficou depois. Quando a heroína amargou uma fase ruim virando um anjo vingador com asas de fogo em histórias que lutava contra uma seita demoníaca, blargh!!!

Bom, lembrando que durante o auge do sucesso da adaptação cinematográfica do Homem de Aço tivemos uma versão da Supergirl interpretada pela atriz Helen Slater que ficou bem caracterizada.

Nesta história Kara Zor-El vive na cidade de Argo City e acidentalmente perde o Omegaheadrom, a fonte de energia do local. Esse dispositivo cai nas mãos da bruxa Selena (Faye Dunaway) que pretende usá-lo para dominar o mundo.

Apesar de Jimmy Olsen aparecer neste longa querendo conectá-lo ao do Super-Homem que estava em missão no espaço quando a heroína surge. A única coisa que vale a pena nesse filme é a beleza de Helen Slater, pois o filme é muito ruim e quase não lembro nada sobre ele.

Em Smallville que homenageia toda a mitologia do kriptoniano temos uma homenagem a Helen Slater que interpreta a mãe de Kal-El no episódio Lara. E temos também uma  versão da Supergirl vivida pela atriz Laura Vandervoort.

A heroína vem participando ao longo dos anos de várias animações da editora desde Superman: A Série Animada até a Liga da Justiça e teve longa animado direto para DVD Superman/Batman: Apocalypse baseada na HQ desenhada pelo falecido artista Michael Turner. Supergirl chega na Terra causando muita confusão caindo  em Gotham City e logo Batman segue em seu encalço.

Superman surge para ajudar e acabam descobrindo que a moça é uma kriptoniana. Mais o que ninguém sabia era que Darkseid tinha outros planos para a menina. O DVD é um dos melhores da extensa lista dos que já foram lançados. Aqui no Brasil esta história saiu originalmente na HQ Superman  & Batman e se não me falha a memória a partir da edição n° 8.

A parte boa da animação é a participação da Grande Barda e das Fúrias da Vovó Bondade (que de bondade não tem nada). Ao final temos a reapresentação da heroína a comunidade heroica para ajuda-los a salvar o mundo. O mais importante nesta animação é tornar a Supergirl parte do universo animado da editora e inserindo também Kripto que aparece de forma bem rápida.

Neste  universo renovado da DC estão tentando estabelecer uma nova mitologia para a Garota de Aço com o inimigo Sr. Tycho e “talvez”com a Banshee Prateada como amiga. Eu particularmente não gostei muito das primeiras histórias, porque ficaram parecendo iguais as de Kal-El.

Mas espero que pro futuro consigam melhorar e nos surpreender consideravelmente, pois Kara merece algo memorável.

Confesso que sou um fã fiel da Moça de Aço (que morreu na Crise), mas mesmo assim continuo a ler suas histórias.

Veja nesta galeria algumas imagens da Supergirl que consegui garimpar na web

0 1 2 3 4.1 4.2  5.1 5 6 7 8 9 10 11.1

action-comics-252z

11.2

12.1 12 13 14 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 35 36

37 38 39 40

artgerm

adam hughes 1 adam hughes 2 al rio alex ross artgerm 1 artgerm 2 bruce timm 0 bruce timm 1 bryan_mon darwyn cooke dave hoover 1 dave hoover 2 dave hoover 3

supergirlsupergirl-by-des-taylor

ed benes 0 ed benes 1 ed benes 2     ed benes 3 ed benes 4 j. scott campbell 1 j. scott campbell 2 kit marcio takara 1 michael turner sexy 2 supergirl-o-filme

wallpaper 0 wallpaper 1.1 wallpaper 1 wallpaper 2 wallpaper 3 wallpaper 4 wallpaper 5 wallpaper 6 wallpaper 9 wallpaper 10 wallpaper 11

Deixe um comentário

Arquivado em Musas de Tinta